Remax

Ganhar, Consultoria e Gestão Lda

Categoria
Mediação Imobiliária - Redes

Telefone: 210041141

Morada
Beloura Office Park, Edificio 3, Piso 1, Escritório 5, 2710-693 Sintra
Edifcio Tower Plaza, Via Engenheiro Edgar Cardoso, 23, 5º C e D, 4400-676 Vila Nova de Gaia

E-mail
qualidade@remax.pt

Website
http://www.remax.pt

Recomenda esta marca?

8
44

Partilhar esta página

Remax - Leviandade profissional

Em tratamento
27169819
286
1 gostos
Tania Borba apresentou a reclamação

Venho, por este meio, mostrar o meu desagrado e, indignação, quanto à forma leviana e, pouco profissional que a Remax, que se designa como, "A SUA MEDIADORA IMOBILIÁRIA DE CONFIANÇA!", me tratou. Neste momento encontro-me, quase literalmente na rua. Pior, acompanhada, por uma criança de 4 anos de idade.

Em Outubro de 2018, contratei os serviços da Remax (Remax Zimbra) para vender a minha casa e, subsequentemente e, em paralelo, encontrar uma nova.
No dia 2 de Novembro de 2018, ela estava disponível para ser comercializada.
Após várias visitas, no dia 25 de Janeiro, a Sra G (Remax Trust) solicitou uma visita. A minha consultora, estava de férias, mas visto, esta ter confiança na colega, afinal pertencem ao mesmo grupo imobiliário, pediu a minha autorização para a respectiva visita. Imediatamente disse que sim.
No dia seguinte o comprador indicou que queria efectuar a reserva e, precisavam da planta da casa. Eu, prontamente me disponibilizei para, solicitar a planta na câmara Municipal e, entregá-la.
De seguida, entro em contacto, com a consultora dos compradores, para lhe entregar a planta (coisa que não era eu que teria de fazer, afinal contratei um serviço imobiliário), onde a Sra G, insipidamente, diz "já tem casa em vista?? É que este processo agora vai ser muito rápido. Tem de arranjar casa já!" Num tom mandatário e inadequado, visto que eu lhe estava a fazer um favor.
Ainda assim, na semana seguinte, com a minha consultora, encontrámos a casa que eu queria, que por coincidência, era da mesma imobiliária, a Remax Trust.
Apressei tudo ao máximo e, visto que a escritura teria dois dias de diferença, devido ao cheque de pagamento da venda, a minha consultora, gentilmente, solicitou à Sra G que falasse com os clientes dela, para que eu pudesse ficar na casa até à escritura de ambas, para que eu não ficasse na rua, com os pertences, de uma vida, num armazém.
A Sra G, imediatamente disse "Nem pensar, escritura é chave na mão. Os meus clientes não querem isso!"
Hoje, após 2 tentativas de escritura falhadas, por parte dos compradores da minha casa, fiquei a saber, pelos próprios, que nem sequer foram consultados acerca deste meu pedido. Referindo que, não existia qualquer problema nessa questão. Que eu podia ficar na casa até a concretização da escritura (28 de Março)
Depois de ficar na rua, a minha consultora falou com a consultora da casa que estou em processo de compra, para solicitar aos clientes dela, se podia pelo menos efectuar a mudança e, ir arrumando as coisas na nova casa. Afinal, a escritura era dali a 2 dias ( 30 de Março) Os clientes, gentilmente, acederam ao pedido, e fiz as mudanças. (Friso o empenho, profissionalismo e humanismo, destas duas consultoras em todo este processo.)
Entre viagens de Setúbal a Sesimbra, fui me organizando. Graças ao trabalho da minha consultora e da, consultora dos vendedores, consegui colocar a minha "casa" na nova casa.
Dia 28 de Março, uma hora antes da escritura da venda, sou informada de que, a mesma não ia acontecer e, apesar de estar marcada há 3 semanas, uma hora antes, informam-me, de forma "trivial" e despreocupada, de que a escritura não iria acontecer.
Logo, tive de contactar o meu banco, BCP (exímios em todo o processo), a informar que, também a escritura da compra seria cancelada.
Uma semana passada e, sem onde morar, uma casa já vazia, sem água e, sem condições para viver. Outra, que ainda não era minha e, efectivamente tinha de sair.
E, apesar de só lá permanecer 4 dias, até durante o dia, até horas tardias para arrumações e limpezas, oferecendo mesmo um valor monetário e, se possível assinar um termo de responsabilidade, se qualquer coisa da casa fosse danificada. No dia 1 de Abril alguém do prédio teria indicado aos proprietários que eu já vivia ali. O que não era verdade. Ao saber que os proprietários, que até então, tinham sido compreensivos com a minha situação, ficaram desconfortáveis.
Como tal e, como não fico onde não sou bem-vinda, nesse mesmo dia, peguei numa mala com bens essenciais, entreguei as chaves, na imobiliária e, deixei a minha vida, inteira, para trás.

Hoje, dia 3 de Abril de 2019, nova escritura de venda, marcada para as 11 da manha (a de compra remarcada par dia 5 de Abril). Chego à 2ªCRP de Setúbal, apenas os compradores ali estavam, onde me dizem "não vai haver escritura novamente". Ainda tonta com a informação, tento perceber o porquê e, posteriormente, porque não me avisaram, soube, que desde de o dia anterior o sabiam e, não fui avisada de, absolutamente nada.
A minha consultora imobiliária, também não sabendo de nada, liga para a senhora G, onde esta lhe diz "estou na convenção e, sem qualquer hipótese de conversação, lhe desliga o telefone na cara.
"REMAX, A SUA MEDIADORA IMOBILIÁRIA DE CONFIANÇA!"

Neste momento, além de não ter onde morar, também, retirei 7 dias de férias, 4 em vão, devido à vossa leviandade.
Se estas situações acontecem? Sim. Sem Dúvida.
O que não acontece é, alguém, que tem, peço desculpa pela expressão, a mania que é a supra sumo a vender casas, brincar com a vida das pessoas.
Neste momento, estou, num quarto emprestado, com o meu filho de 4 anos e 2 gatas (a minha família)
Comprar uma casa nova devia ser um processo de evolução, mudança e alegria.
Neste momento, tudo o que sinto é vontade de desistir de tudo. Depois de ter já ter despendido, aproximadamente, 12.000 mil euros.

Ontem, ao assistir a um programa televisivo, de uma estação bem familiar, em que consiste em promover a Remax, pensei, " a sorte é que trabalhei muitos anos em televisão e, sei o quão forçado é todo este teatro televisivo.

Posto, este longo texto, aguardo resposta dos devidos intervenientes.
08 Abr2019
Remax adicionou uma resposta

Exma. Senhora,

Para qualquer reclamação e/ou esclarecimento, solicitamos contacto para:

qualidade@remax.pt

Melhores cumprimentos.
RE/MAX PORTUGAL
Departamento de Qualidade

10 Abr2019
Tania Borba adicionou uma resposta

Boa noite,

Fiz-o no mesmo dia, que apresentei a reclamação aqui e, até à data não tive qualquer resposta ou, notificação de recepção da mesma
Obrigada
Tânia Borba

10 Abr2019
Tania Borba editou a reclamação
Tania Borba está a aguardar resolução da marca

Comentários (0)