Ranking na categoria
Partilhar esta página

Rodoviária de Lisboa - Computador perdido/roubado

Em tratamento
53051821
153
0 gostos
Pedro Neves apresentou a reclamação

Olá. Venho por este meio apresentar a minha queixa por roubo.
Eu apanhei o autocarro 312 que começa e acaba no Campo Grande no dia 11-01-2021 às 09:20 e comigo levava um computador. Por volta das 09:35/09:40 eu saí na paragem da igreja de camarate, deixando o computador no banco onde ia sentado. Dei logo pelo sucedido mas o autocarro foi logo embora e, como tal, já não fui a tempo de mandar o motorista parar. Liguei para a RL do Campo Grande e nem chama, liguei para a de Santa Iria e demoraram meia hora, no mínimo, para me atenderem. Assim deu tempo de me roubarem o computador porque se tivessem tido o mínimo respeito pelo seu trabalho tinham atendido na hora a minha chamada e tentavam entrar em contato com o motorista no sentido de evitar ou, pelo menos, tentar evitar que me furtassem o computador. Assim não foi, e por causa da irresponsabilidade de quem trabalha na RL de Santa Iria, eu provavelmente vou ficar sem o computador. Nesse sentido, exijo que façam de tudo para que recuperem o meu computador, acedam às imagens de videovigilância e, se o autocarro não tiver câmaras, acedam a toda a gente que passou o passe nesse autocarro a partir das 09:35. Agradeço a vossa disponibilidade e também o vosso esforço para me trazerem o computador de volta.
26 jan 2021
Pedro Neves adicionou uma resposta

Tanto tempo para responderem???

27 jan 2021
Rodoviária de Lisboa adicionou uma resposta

Exmo. Senhor Pedro Neves



Acusamos a receção do seu e-mail, o qual nos mereceu a melhor atenção.



Relativamente à reclamação apresentada, em primeiro lugar gostaríamos de lamentar o ocorrido.



Como deve compreender, devido ao fluxo de chamadas diárias que recebemos, nem sempre nos é possível atender as mesmas com a brevidade que gostaríamos.




Acresce o facto de que, na sequencia das diretrizes da DGS, termos parte das equipas administrativas em teletrabalho, e como tal, tratando-se de uma central telefónica que vai passando as chamadas em espera pelos vários departamentos, poderá ser mais demorado até a chamada ser passada para um departamento onde exista presencialmente alguém que esteja disponível para atender a chamada.



É efetivamente responsabilidade do motorista verificar a existência de bens perdidos no interior da viatura quando termina uma circulação, pelo que dificilmente se aperceberá do mesmo no decorrer da viagem, não poderá assim afirmar-se que o mesmo tenha sido roubado por falta de verificação do motorista.



Por fim, as nossas viaturas encontram-se equipadas com sistema de gravação vídeo , contudo a cedência de imagens é feita apenas às autoridades policiais, pelo que sugerimos que apresente a devida queixa em local próprio e aguarde o procedimento instituído para situações como a que relata.





Com os nossos melhores cumprimentos,





Rodoviária de Lisboa - Centro de Santa Iria de Azóia

Rodoviária de Lisboa está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)