Ranking na categoria
Partilhar esta página

TGV Interiores - Defeito das peças vendidas

Sem resolução
72451022
236
Miguel Miranda apresentou a reclamação

Os móveis das salas de estar e jantar foram adquiridos à TGV segundo projeto de interiores elaborado pela empresa, projeto adjudicado a 26/6/21.
Foi-nos apenas alertado que as cadeiras da mesa de jantar eram a única peça que só seria entregue em novembro, tudo o resto seria antes. Acordamos que não havia problema.
Os problemas começaram logo no inicio… primeiro enviam os projetos com erros que têm de ser os clientes a detetar (coisas que seriam em dourado mate estavam em preto). Mas erros acontecem e não há mal nenhum nisso…
No dia 30/09 é enviado email a pedir novidades sobre os móveis. Após 6 dias sem resposta da TGV é enviado novo e-mail (6/10) a pedir feedback. Reposta: “A vossa encomenda já está quase completa. Dentro de semanas já conseguiremos agendar a entrega. Vou confirmar com a colega quando fica completa e darei noticias durante a próxima semana”
Novo e-mail da parte dos clientes no dia 11/10 a pedir novidades, resposta de dia 12/10 em que o sofá ficaria pronto na semana seguinte e o móvel já estava para avaliação. Iria haver um atraso nas cadeiras (entrega no final de novembro) mas que fariam o empréstimo de uma ate as nossas chegarem. Portanto iriam conseguir fazer o agendamento da entrega dos moveis na semana seguinte.
Inicia-se o problema nº2: dia 13/10 recebemos um mail a dizer “ já tive feedback do móvel, vão ser necessárias umas afinações (felizmente temos o departamento de qualidade)”.
Pedimos informações da mesa ao qual não obtivemos resposta. Passado uns dias recebemos um telefonema no qual nos informam que os “pequenas afinações” são as madeiras todas erradas dos móveis encomendados. E por um erro da parte da empresa querem deixar os clientes mais de um mês (sem uma data certa final) à espera que os moveis sejam todos refeitos.
Depois de vários contactos, telefonemas, e-mails, é acordado a entrega no dia 4 Novembro de algumas peças e dia 15 Novembro de outras.
Na entrega não há qualquer tipo de queixa, impecáveis muito profissionais.
Agora deparamo-nos com novo problema…. Logo na primeira utilização a mesa apresentou uma descoloração anormal. Foi pousado um tacho em cima mas usando base, a mesma base que serviu sempre noutras mesas que tivemos. É importante frisar que todo o projeto foi da responsabilidade da TGV pelo que ou aplicou na mesa material defeituoso ou material que não está apto ao uso. Passados 2 meses o laminado do aparador começou a descolar (nota que o material nem sequer apanha sol).
A tudo isto, a empresa respondeu com uma garantia para o aparador que pode levar até 30 dias para ser novamente entregue e desresponsabilizou-se da mesa propondo-se cobrar mais de um terço do seu preço original e não se comprometendo com entrega antes dos 60 dias. Este tipo de serviço pós-venda não é minimamente condizente com o preço praticado mais ainda se contarmos com os enormes atrasos no primeiro fornecimento (mais de 2 meses após a data indicada que já distava 4 meses da adjudicação).
Muito mau serviço e qualidade questionável.
21 abr 2022
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)