Performance da Marca
44.3
/100
Razoável
Razoável
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
99,8%
Tempo Médio de Resposta
99%
Taxa de Solução
20,1%
Média das Avaliações
37,4%
Taxa de Retenção de Clientes
37,5%
Ranking na categoria
1 NOS 86.6
2 MEO 84.8
3 Nowo 72.8
...
Vodafone44.3
VODAFONE PORTUGAL – Comunicações Pessoais, S.A
  • 16912
  • Av. D. João II – Lote 1.04.01
    Parque das Nações
    1998-017 LISBOA

Vodafone - Considero isto uma fraude de que estou a ser vítima!

Resolvida
Joaquim Candeias
Joaquim Candeias apresentou a reclamação
23 de janeiro 2011

Tenho uma pequena empresa familiar que utiliza um pacote de comunicações da Vodafone. A média habitual de minutos utilizados ronda os 500 por mês.
 Em Março de 2010, um agente propôs um abaixamento de preço. Para isso, passaria provisoriamente para um pacote de 1400 minutos (?!), se bem me lembro por questões de fidelização de partes do pacote e em Agosto passaria para 800 minutos, muito acima das minhas necessidades, mas uma vez que implicaria um abaixamento do preço, concordei.
 Além disso, pedi ao agente que especificasse por escrito os valores totais e os meses a que correspondiam nas costas do documento, uma vez que não havia um espaço próprio para essa especificação.
 Em Agosto de 2010, um outro agente baixou ainda mais o preço, ficando o pacote acordado de 800 minutos.
 Sendo eu quase sozinho a tratar de tudo o que diz respeito à empresa, raramente verifico contas. Contudo, quando ia mandar pagar os telefones em Novembro, olhei para o valor e achei estranho por ser muito elevado.
 Verificadas as contas constatei que nenhum dos contractos tinha sido cumprido, os valores foram sempre muito mais altos, e como se isso não bastasse, estavam a cobrar-me 1400 minutos mensais (que era só até Agosto) e por um valor quase rondando o dobro do valor contractual.
 Fiz dezenas de telefonemas, perdi tempo precioso, irritei-me, mas continua um eterno adiar, estando sempre a situação a ser analisada com a promessa que brevemente serei contactado.
 Ficou verbalmente acordado que não queria mais ter empresas intermediárias a tratar do assunto.
 Entretanto, continuam a chegar as facturas com os valores incorrectos. Enviei uma carta registada a 28 de Dezembro dizendo que havia um saldo a meu favor que já ultrapassava os 700,00 Euros e que, portanto, não iria pagar mais facturas até à solução do problema.
 Daí para cá, choveram as ameaças de corte dos telefones, e quando os contactava diziam que isso eram mensagens e/ou cartas automáticas.
 Depois de todas as tentativas o problema continua sem resposta. Vejo-me obrigado a fazer uma queixa em tribunal como próximo passo.
 Directa ou indirectamente, através dos agentes, considero isto uma fraude de que estou a ser vítima. Por isso não quero deixar de colocar aqui e em todo o sítio onde achar conveniente um alerta para outros potenciais utilizadores para que saibam como funcionam estas empresas.
 Agradeço a atenção dispensada.

Data de ocorrência: 23 de janeiro 2011
Joaquim Candeias
29 de novembro 2012
Se não fosse triste seria cómico!
Na sequência do atrás exposto, acabou, depois de mil e uma peripécias de que guardo toda a documentação, por se deslocar até nós uma Senhora da empresa Roloncell que, após horas verificando as contas, assinou comigo um acordo de saldo das contas, com valores especificados. Dada a aparente vontade de baralhar, em que umas vezes era com IVA, outras sem IVA, conforme me pareceu, acabámos por fazer as contas por três processos diferentes, com o apoio de outra pessoa munida de uma máquina de calcular.
Dois dias depois do acordo, qual não foi o meu espanto quando a dita Senhora me enviou um email dizendo que para desbloquear a situação deveria pagar uma determinada quantia que tinha a ver com uns créditos de dois meses.
Ora o absurdo da nova situação é que esse valor foi contemplado nas contas, portando pretendia-se que o pagasse em duplicado, e mesmo que assim não fosse, dois dias antes a mesma Senhora tinha assinado em nome da Vodafone um acordo em que se consideravam "acertadas" definitivamente todas as contas. Isto no mínimo daria para rir.
Alguém por acaso consegue disponibilizar a morada dos escritórios centrais da Vodafone em Inglaterra para onde possa enviar um "Dossier" com cópias de toda a documentação, depois de arranjar traduções a acompanhar os documentos? Agradeço desde já a quem o puder fazer.
Atentamente,

Joaquim Candeias
Vodafone
2 de outubro 2013
Exmos. Senhores,

No seguimento do e-mail recepcionado, solicitamos a indicação do número de Conta Vodafone ou do Contribuinte associado, de forma a ser possível verificarmos a situação exposta.


Encontramo-nos disponíveis para qualquer esclarecimento pelo que, sempre que necessite, não hesite em contactar-nos.

Cumprimentos
Sofia Abreia
Serviço de Apoio a Clientes Empresariais
Esta reclamação foi considerada resolvida
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.