Vodafone

VODAFONE PORTUGAL – Comunicações Pessoais, S.A

Ranking na categoria

Categoria
Operadoras de TV, Net e Telefone

Telefone: 16912

Morada
Av. D. João II – Lote 1.04.01
Parque das Nações
1998-017 LISBOA

Website
http://www.vodafone.pt

Recomenda esta marca?

267
382

Partilhar esta página

Vodafone - Transferência de titularidade - cobrança indevida

Em tratamento
31958819
116
0 gostos
Thalita Lopes apresentou a reclamação

Eu, Thalita Souza, possuía um combo de internet, telefone fixo, telefone móvel e TV a cabo com a empresa VODAFONE. Esse contrato se iniciou em outubro de 2018, o morador anterior do apartamento que aluguei possuía um plano onde foi repassada atitularidade a mim.
Todavia, no mês de julho de 2019, me mudei do endereço onde esse a prestação de serviços da VODAFONE era prestada (contrato de novo arrendamento em anexo). Os novos moradores do apartamento onde a VODAFONE presta os serviços tiveram interesse em continuar com mo meu antigo contrato.
Sendo assim, no dia 15 de julho me dirigi juntamente com o casal que adentrou ao meu antigo apartamento e fomos atendida por uma menina, que pegou as documentações do casal, escaneou todos os documentos, me fez assinar um papel de cessão de titularidade e em alguns minutos saímos da loja da empresa VODAFONE no Fórum de Aveiro.
Ocorre que, no mês de agosto de 2019 para a minha surpresa o valor referente a VODAFONE foi descontado da minha conta bancária, resolvi a questão com os novos moradores acreditando que o sistema VODAFONE ainda não tinha efetuado a troca.
Porém, em setembro de 2019, o meu banco envia um e-mail avisando sobre novo débito da VODAFONE em meu nome, sendo assim, me dirigi a loja do Fórum Aveiro querendo saber o que houve e fui informada que simplesmente não contava no sistema deles a mudança realizada em julho. Então prontamente convoquei novamente o casal para que comparecessem novamente a loja para firmar um novo contrato, com a observação que esse novo contrato era na verdade um adendo do contrato que deveria ter sido feito em julho. Garantiram que não ia ter nenhuma cobrança em minha conta, pois a VODAFONE havia prontamente cancelado essa ordem de cobrança, mentira, pois no dia seguinte o dinheiro saiu da minha conta (comprovante anexo nas documentações).
No dia 19/09/2019, já se passando 10 dias do problema na VODAFONE, decidi parar na loja desta empresa no centro comercial GLICÍNIAS, onde fui informada que era a matriz e lá eu poderia verificar se tudo estava em ordem e para a minha surpresa não, não estava nada em ordem o contrato continua em meu nome porque a VODAFONE alega que falta um comprovante de morada do novo dono do contrato. Estranhamente ele já havia levado o comprovativo de morada da junta de Freguesia de Aveiro, um documento com fé publica. E mais estranho ainda que nessa segunda renovação, que já era para corrigir um erro anterior, as 3 partes envolvidas saíram com contratos assinados com timbre da empresa VODAFONE, onde contava o Senhor Daniel como o novo contratante e a Senhora Thalita, como antigo contratante, documentos assinados por ambas as partes por essa transação. Minha pergunta é o funcionário VODAFONE não sabe corretamente as documentações que devem ser apresentadas antes de deixar os clientes saírem da loja pensando que a mudança foi devidamente efetuada?
Na loja do shopping GLICINIAS, a atendente Daniela, me disse que eu que teria que ir atrás do comprovante de morada do novo contratante caso quisesse que essa conta saísse do meu nome e eu quisesse parar de pagar. Agora eu me pergunto: Eu tenho que pagar por serviço que não estou utilizando e posso comprovar isso? Se o novo cliente deve documentação para VODAFONE que não verificou o procedimento na hora da troca, sou eu que devo procurar essa documentação para a VODAFONE? Não, tenho certeza que não. Por esse motivo quero que os meus direitos sejam resguardados, e para uma solução adequada da lide peço o que me devolvam o valor descontado no mês de setembro e o imediato cancelamento desse contrato sem qualquer penalização, ou multa contratual. Visto que a minha parte sempre cumpri corretamente, jamais fiquei em divida em nenhuma mensalidade, repassei o contrato para outra pessoa como eles pedem, fiz o procedimento por 2 vezes por erros procedimentais dos funcionários que são treinados para isso, e ainda continuo com o contrato e divida em meu nome. Isto é no minimo inadmissível, para não mencionar coisas piores. Ainda sou desrespeitada na loja dizendo que eu que preciso ir atras de documentação de outra pessoa para a VODAFONE, pois o interesse é meu. Quer dizer que eles não querem saber que o novo titular é quem usa o serviço, desde que tenha um idiota que arque com os gastos. Porque foi isso que entendi. Funcionários mal treinados, que não cumprem os requisitos e destratam os clientes no meio de uma loja toda. Não sou de fero e de longa não devo passar por um trastorno desses, sendo que sempre cumpri com minhas obrigações contratuais, que não cumpre é esta empresa de credibilidade duvidosa.
A partir que tenho um contrato de que passei a titularidade dos serviços a outrem ESSE CONTRATO NÃO E MAIS MEU.
Caso a lide não seja resolvida amigavelmente, requeiro que os valores sejam acrescidos de juros e correção, e ainda indenização por danos morais e patrimoniais.
PS: Realizei queixa no livro de reclamações da VODAFONE Glicínias.
20 Set2019
Vodafone adicionou uma resposta

Valorizamos muito as questões colocadas pelos nossos clientes. São elas que nos ajudam a melhorar e a prestar um melhor serviço. Por respeito aos princípios da confidencialidade da informação dos nossos Clientes e do tratamento personalizado, solicitamos que nos coloque a sua situação através dos contactos publicitados no nosso site em www.vodafone.pt cujas principais opções deixamos de seguida.

Ir para formulário de envio de email
Contactar o serviço de apoio a cliente

Thalita Lopes está a aguardar o tratamento da reclamação

Comentários (1)

'.Ver perfil de sandra caldas.'

sandra caldas

A vodafone nao costuma ser trapaceira com os seus clientes, nao tenho razao de queixa, teve azar foi com os funcionarios de loja que só lá estao a apanhar bonés. Quando pensar em terminar um contrato com uma operadora ou mudar titularidade, se estiver debito activo, cancele-o logo que assim as operadoras nao conseguem cobrar nada na nossa conta bancaria