Wall Street English

Wall Street Institute Portugal, SA

Wall Street English

Wall Street English

Categoria
Formação Profissional

Telefone: 210404943

Morada
Avenida 5 de Outubro, 35B - 1º Dto
1050-047 Lisboa

E-mail
info@wsenglish.pt

Website
http://www.wsenglish.pt

Recomenda esta marca?

6
12

Partilhar esta página

Wall Street English - Falsas promessas e pouco profissionalismo.

Resolvida
8290917
1867
0 gostos
Ana Tomás apresentou a reclamação

Esta "Escola" foi a pior experiência que tive. Pouco profissionais, prometem coisas que nunca chegam a cumprir.
Primeiro atiram simpatia e pontos muito positivos para atrair as pessoas, e logo de seguida, aquando se assina, percebemos que acabámos de fazer contracto com o diabo. Sem dar-mos conta, entramos num empréstimo ao banco que nos vai prender durante meses àquela que acaba por ser a pior experiência para aprender Inglês.
Após o teste inicial para determinarem o nosso nível de Inglês, e após percebermos o que, e com quem, acabamos de assinar, começamos a ver que não há volta a dar a não ser rendermo-nos a eles e começamos a assistir àquilo a que eles chamam de aulas. Logo se percebe que fomos inseridos com pessoas que mal sabem falar/escrever/ler inglês, e sentimo-nos muito acima do nível das pessoas colegas nas aulas.
Então, passamos a dar a chance de aquilo ser só os primeiros dias de uma longa jornada. Porém, com o passar do tempo, nada muda: continuamos nas mesmas aulas do tipo "My name is Catarina/My eyes are green/Let's spend our time talking about stupid things, like we're kids"; Fazemos testes para passar de nível (o que são areia para os olhos, pois nem precisamos de nos esforçar muito, que acabamos sempre por passar) e passado um mês reparamos que continuamos nas mesmas aulas de fantochada, e começamos a estar desmotivados e a perceber que caímos numa rede de burla. E após muito tempo, tomamos a decisão que queremos cancelar a nossa inscrição, ao que é acordado que é impossível, pois o banco já pagou à escola e eles recusam a devolver o dinheiro.
A verdade é que eles prometem e tentam-nos aludir a caminhos promissores que nos levarão a um ilusório futuro no Inglês, e nós acreditamos e confiamos na aparente postura, profissionalismo e simpatia. Já o meu avô dizia: Com papas e bolos se enganam os tolos. E é verdade, pois a única coisa boa naquele lugar eram as bebidas e os cafés grátis que davam enquanto estávamos à espera da nossa pseudo-aula... Não recomendo o WSI a ninguém, a não ser a quem gosta de perder tempo e dinheiro... Muitooo dinheiro.

22 Fev2017
Wall Street English adicionou uma resposta

Cara Ana Catarina Tomás,
Agradecemos a sua mensagem. A opinião dos nossos alunos é muito importantes para nós, pois permite-nos melhorar cada vez mais o serviço que prestamos.
Para que possamos analisar correctamente a situação que aqui indica, necessitamos por favor que nos informe em que Centro WSE a sua filha se encontra inscrita?
Ficamos a aguardar o seu feed-back.

Obrigada.

Wall Street English Portugal

23 Fev2017
Ana Tomás adicionou uma resposta

saldanha!

23 Fev2017
Ana Tomás adicionou uma resposta

Saldanha!

13 Abr2017
Wall Street English adicionou uma resposta

Cara Ana Cristina Tomás,

Relativamente à reclamação que aqui apresentou passamos a descrever o seu histórico no Centro WSE do Saldanha, bem como as várias tentativas de contacto da nossa parte, que se mostraram infrutíferas:

1. Sobre o que a Ana Cristina alega relativamente ao contrato que fez com o Wall Street English, devemos reforçar que toda a informação foi clara e esclarecedora aquando do pedido de informações sobre os nossos cursos, bem como, aquando da assinatura do próprio contrato - sendo que toda a documentação que a ele diz respeito, foi-lhe devidamente entregue na altura - sabendo a alunda dos seus direitos e deveres, como em qualquer prestação de serviço;
2. A aluna veio ao centro WSE do Saldanha pela primeira vez em março de 2013 e inscreveu-se para a experiencia dos 15 dias, pelo que o que refere "a assistir àquilo a que eles chamam de aulas" (...) "passamos a dar a chance de aquilo ser só os primeiros dias de uma longa jornada. Porém, com o passar do tempo, nada muda: continuamos nas mesmas aulas" é totalmente descabido. A Ana Cristina teve a oportunidade de durante 15 dias se familiarizar com a nossa metodologia, assistir às nossas aulas e até se fosse o caso, não se ter identificado com a escola e consequentemente não ter decidido ficar a estudar connosco;
3. Inscreveu-se em Maio de 2013 e iniciou o seu curso no dia 13 de Maio de 2013;
4. Das 12 marcações que fez de encounters, veio apenas a 3 aulas;
5. Das 19 marcações que fez de Aulas Complementares e Social Club Activities compareceu a 9;
6. Até 28 de Fevereiro de 2014 fizémos 23 tentativas de chamadas às quais não atendeu, ou simplesmente desligou o telefone;
7. No dia 28 de Fevereiro de 2014 informou-nos que estava muito ocupada na faculdade e que pretendia congelar o curso;
8. Marcou reunião para tratar do processo com a sua Assessora Didática, mas não compareceu e voltou a estar até dia 23 de Maio de 2014 sem atender as nossas chamadas (neste periodo fizémos 10 tentativas de contacto sem sucesso);
9. No dia 9 de Julho de 2014 atendeu a chamada e solicitou novamente o congelamento do seu curso. O curso foi congelado nesse mesmo mês e durante 10 meses. Tempo este que foi dado para colmatar as ausências da aluna;
10. Nunca retomou o curso passado esse tempo;
11. A aluna não estudou porque dizia não ter tempo e porque estava ocupada com a faculdade.
12. Entretanto, manifestou vontade de cancelar o seu curso e foi-lhe explicado que os motivos que elegava (falta de tempo) não eram passiveis de cancelamento (ver contrato);
13. Apesar de tudo isto o Centro WSE do Saldanha deu mais 10 meses de curso à aluna para assim poder ajudá-la a recuperar o tempo que esteve sem estudar;
14. Em relação ao facto da aluna não sentir evolução na sua aprendizagem do Inglês, estará concerteza relacionado com o facto de não estudar e faltar às aulas; como faltou. De certeza que este princípio sentir-se-á no Wall Street English, como em qualquer outra instituição de ensino. O curso (como qualquer outra aprendizagem) implica estudo, dedicação, tempo e vontade de evoluir - o que neste caso não se verificou.

Honestamente, consideramos que o refere na sua exposição é infundado, injusto e incompreensível. Sempre nos pautámos e continuamos a pautar, por um serviço de excelência, atento às necessidades e potenciais dificuldades dos nossos alunos, de acompanhamento personalizado e próximo da realidade de cada educando. Aliás, não é em vão que em mais de 25 anos de história em Portugal já formámos e com sucesso cerca de 100.000 alunos.
Estamos, como sempre estivémos, ao seu dispôr para a receber nas nossas instalações, para em conjunto tentarmos ajudá-la a ser bem sucedida no cumprimento dos seus objectivos formativos.

Votos de uma Excelente Páscoa.

Obrigada,

Wall Street English Portugal

14 Jun2017
Ana Tomás alterou o estado para Resolvida
14 Jun2017
Ana Tomás avaliou a marca

1/10

Não

Voltaria a fazer negócio?

Sinceramente?! Eles justificam os seus erros com as acções consequentes das insatisfações dos clientes. Não continuo a responder porque não quero lavar roupa suja em público. Mas o que era bom era eles levarem com as reclamações de conhecidos e próximos meus que tiveram um percurso diferente do meu e as reclamações são as mesma. Incrível.

Esta reclamação foi considerada como resolvida

Comentários (0)