Worten

Worten - Equipamentos para o Lar S.A.

Seguir marca
Maio de 2019
Melhor Índice de
Satisfação
Atribuído pelos
consumidores

Categoria
Tecnologia, TV e Eletrodomésticos

Telefone: 808100007

Morada
Av da Fonte, 3
Edifício Suécia II
2790-073 Carnaxide

E-mail
cliente@worten.pt

Website
http://www.worten.pt

Recomenda esta marca?

609
1037

Partilhar esta página

Worten - Direcção de apoio ao cliente, ignora cliente há 4 meses

Em tratamento
27605819
188
2 gostos
Tiago Lopes apresentou a reclamação

- Comprei um visor/display de telemóvel, e respectiva instalação, na Worten. Passado algum tempo descolou num dos cantos, tendo-o entregue para reparação, AO ABRIGO DA GARANTIA, no centro Resolve da Worten LouresShopping;
- Disseram que demoraria 2 dias a reparar, o que aceitei;
- Passados 2 dias fui levantar o telemóvel, por indicação da Worten, e encontrava-se no mesmo estado, tendo lá continuado para reparação;
- Após 50 dias sem o telemóvel, depois de 6 viagens à Worten para que me dessem informações já que nunca me diziam nada, antes pelo contrário, só me mentiam relativamente a prazos e a telefonemas que não realizaram, consegui recuperar o telemóvel devidamente arranjado;
- Além do descontentamento pelo péssimo serviço prestado e da violação da política de qualidade da Worten, do Código de Ética e de Conduta da SONAE e das leis n.º 24/96, de 31 de Julho e DL n.º 67/2003, de 08 de Abril, a Worten provocou-me prejuízos, o que me levou a efectuar várias reclamações;
- Com base na 2.ª reclamação por carta registada, o Sr. (*) da Direcção do Apoio ao Cliente contactou-me via telefone no dia 19/12/2018 e solicitou que lhe enviasse certas informações via email, o que fiz no dia 21/12/2018;
- HÁ 4 MESES que aguardo por uma resposta do Sr. (*);
- Relembrei a Worten passados 30 e 60 dias e a resposta é robótica, ou sejam, limitam-se a acusar a recepção do email;
Estive 50 dias privado do meu telemóvel e estou há 4 meses à espera que a Worten responda à minha reclamação!
Por a situação ser tão vergonhosa e aberrante decidi torná-la pública!


24 Abr2019
Worten adicionou uma resposta

Caro Cliente
Confirmamos a receção desta sua exposição, a qual foi, desde logo, encaminhada para a direção competente, para análise.
Daremos feedback sobre a situação reportada com a maior brevidade possível.
Para qualquer esclarecimento ou informação adicional, estamos ao inteiro dispor através da nossa Linha de Apoio ao Cliente - 808 100 007 ou wrtapcli@worten.pt.
Apresentamos os nossos cordiais cumprimentos.

Direção de Apoio a Clientes Worten
Gestor de Cliente
Jorge Leonor

N/Refª 00055/738

24 Abr2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Confirmo que fui contactado hoje pela Worten e me informaram que iriam começar a analisar a situação.

24 Abr2019
Worten adicionou uma resposta

Caro Cliente
Agradecemos a sua exposição.
Uma vez prestados os devidos esclarecimentos, vamos desta forma encerrar o processo.
Caso necessite estamos ao seu dispor para qualquer esclarecimento através da nossa Linha Cliente 808 100 007 ou wrtapcli@worten.pt.

Direção de Apoio a Clientes Worten
Gestor de Cliente
Jorge Leonor

N/Refª 00055/738

24 Abr2019
Worten alterou o estado para Resolvida
25 Abr2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

A reclamação foi dada como resolvida mas nada foi resolvido.

A Worten limitou-se a informar que como negligenciaram tanto tempo a reclamação que lhes dirigi em Dezembro de 2018, via carta registada e email, actualmente (Abril de 2019) já não conseguem averiguar o que efectivamente aconteceu para tudo ter corrido mal.

Contudo, propuseram, a título reparatório dos transtornos e prejuízos causados, a "oferta" de um vale de 20% de desconto em produtos Worten.

Achei a "oferta" ofensiva e recusei pois não pretendo efectuar compras nesta empresa mas sim que me REPAREM os prejuízos que causaram ao privarem-me 50 dias do meu telemóvel e ao me obrigarem a deslocar à loja 6 vezes para saber se a reparação já estava concluída, já que nunca se dignificaram a telefonar-me como se comprometiam.

O serviço de apoio ao cliente foi igualmente negligente pois após receberem as minhas reclamações em Dezembro de 2018 nunca lhes deram seguimento, mesmo depois de os alertar por duas vezes.

Pior de tudo é que a Worten não vê os clientes como pessoas mas sim como números.

Mas mesmo que nos queira ver como números a verdade é que violou a sua própria política de qualidade, o Código de Ética e de Conduta da SONAE e as leis n.º 24/96, de 31 de Julho e DL n.º 67/2003, de 08 de Abril e continua a achar que nada deve ao cliente.

Irei analisar outras formas de fazer valer os meus direitos, nomeadamente através da ASAE e do CACCL.

25 Abr2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
06 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Apesar de a Worten me ter informado que não há prazos para a reparação de artigos avariados ao abrigo da garantia a verdade é que o DL n.º 67/2003, de 08 de Abril no seu art.º 4 estipula o máximo de 30 dias, punindo com a coima de 500 a 5000 euros se o infractor for pessoa colectiva.

Dado o desprezo e irreverência da Worten para comigo e tendo em conta que me privou 50 dias do meu telemóvel, efectuei uma denúncia na ASAE.

Espero que se faça justiça e que sejam punidos pelo prejuízo que me provocaram sem qualquer necessidade.

Aconselho todos os lesados desta empresa a se informarem dos seus direitos e a solicitar a intervenção das entidades competentes.


07 Mai2019
Worten alterou o estado para Resolvida
08 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Agradeço que parem de dar a reclamação como concluída pois nada foi resolvido. Tratem os clientes como pessoas e preocupem-se menos com a taxa de resolução das reclamações.

08 Mai2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
20 Mai2019
Worten alterou o estado para Resolvida
20 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

O assunto continua por resolver e a Worten insiste em dar a reclamação como concluída.

20 Mai2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
22 Mai2019
Worten alterou o estado para Resolvida
23 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

A Worten violou a seguinte legislação e continua a achar que nada me deve:
- o n.ºs 1, 2 3 e 4 do art.º 4 do DL n.º 67/2003, de 08 de Abril, por me ter privado do telemóvel por 50 dias e por me terem negado qualquer alternativa;
- a lealdade e a boa fé na vigência do contrato, consagradas no n.º 1 do art.º 9 da Lei n.º 24/96, de 31 de Julho foi inexistente, lesando os meus interesses económicos e provocando-me transtornos;
- mesmo depois de lhes ter enviado todos os documentos a comprovar a situação desastrosa que relato negam-me o direito previsto no art. 12.º da Lei n.º 24/96, de 31 de Julho, que prevê a indemnização por danos patrimoniais e não patrimoniais;
- é também violadora da política de qualidade da Worten e do Código de Ética e de Conduta da SONAE.

23 Mai2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
27 Mai2019
Worten alterou o estado para Resolvida
28 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

No dia 24 de Maio fui contactado pelo Sr. Tiago Oliveira, o qual APENAS me disse que depois de reanalisada a situação a resposta da Worten mantinha-se.

Ou seja, considerou que apesar das mentiras dos funcionários da Worten e do péssimo serviço prestado, dos 4 meses à espera de uma resposta, dos 50 dias que me privaram do meu telemóvel EM GARANTIA e de todos os prejuízos que me causaram, a Worten em nada teria de se responsabilizar (palavras minhas).

Irei continuar a expor esta situação vergonhosa até que se faça justiça!

28 Mai2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
30 Mai2019
Worten alterou o estado para Resolvida
31 Mai2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Queixa não resolvida.

31 Mai2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
06 Jun2019
Worten alterou o estado para Resolvida
25 Jun2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Queixa não resolvida. Comuniquei esta situação abusiva à provedoria da SONAE. Espero que seja imparcial e diligente, ao contrário daquilo que a direcção de apoio ao cliente da worten foi.


25 Jun2019
Tiago Lopes adicionou uma resposta

Por resolver.

25 Jun2019
Tiago Lopes reabriu a reclamação
Tiago Lopes está a aguardar resolução da marca

Comentários (4)

Ver perfil de Paula Abreu

Paula Abreu

Infelizmente a Worten ignora tudo que tenha custos associados.
Somos números e apenas isso.

Ver perfil de Felipe Martins

Felipe Martins

Se reclamassem no Julgado de Paz Tribunal, iriam ver como resolveriam o vosso assunto, por isso existe os Tribunais Julgado de Paz ou Tribunal Arbitral.

Ver perfil de Tiago Lopes

Tiago Lopes Autor

Obrigado Luiz. Estou a analisar essas possibilidades. Já contactei o Centro De Arbitragem De Conflitos De Consumo de Lisboa e pelo que percebi até agora parece que a Worten não aceita a mediação de conflitos de consumo pois acha que está sempre certa e os clientes sempre errados, ou então tem receio de perder pois sabe que por vezes abusa da legislação e do cliente. Como tem uma posição dominante sobre o cliente (é uma empresa, tem gabinete jurídico, etc) na maioria das vezes consegue abafar o caso pois o cidadão comum não quer chatices nem gastar dinheiro para exercer os seus direitos e ver os danos reparados.

Ver perfil de Felipe Martins

Felipe Martins

O problema de algumas pessoas e não irem procurar os seus direitos na Lei, no meu caso já estou a preparar a acção mais uma vez contra a Worten. Se não tiver como pagar uma Advogada, peça apoio judiciário na segurança social mais próximo e isenção de taxa de justiça. Vai ver que irá resolver e a vitoria será sua, não deixe o pensamento de que e uma empresa grande, pois já tive alguns processos contra essa tão empresa e a vitoria ou acordo e sempre certo.