Empresas e Serviços

Endesa - Descredibilização


Obteve resposta
16692418

No dia 1 de Fevereiro de 2018 um comercial/vendedor da empresa Endesa foi a casa da minha mãe (que tem 85 anos) fez-se passar por um comercial da EDP , dizendo que era o homem da luz e que vinha fazer a contagem foi ver o contador e depois propôs fazer um desconto - 4% na factura mensal a minha mãe repetia várias vezes "olhe que eu não quero mudar da EDP "o que ele afirmava ser da EDP , resultado a minha mãe assinou um contrato sem saber o que estava a assinar , depois ao falar com os vizinhos concluiu que tinha sido enganada , no dia seguinte quis reverter a situação sozinha não conseguiu foi então que eu entrevi pois ainda estava no período que se podia reverter o contrato , e penso que está resolvido mas toda esta situação despoletou uma crise de ansiedade na minha mãe (senhora de 85 anos ), a qual teve que receber cuidados médicos de urgência num hospital da área já passaram 10 dias e ainda não está recomposta .
Concluo que a Endesa é uma empresa que age de má fé tentando aproveitar-se das pessoas mais idosas , dos mais frágeis , dos mais desprotegidos , uma falta de respeito e vergonha , serve de tudo para se fazer um cliente , as coisas não podem ser assim .

É uma falta de vergonha e uma falta de respeito este tipo de práticas para angariarem à força novos clientes.
A EDP , está ao corrente do assunto , no entanto tenho também a dar uma nota de desagrado á EDP na forma como fazer as contagens mensais , todos os dias são pessoas novas sem qualquer tipo de identificação e com muito pouco profissionalismo ,

Respostas

em 2018-02-14 10:46 Prezada Senhora Marília Lopes, Informamos que efetuámos o registo do seu Pedido a 2018-02-14 às 10:44 com o n.º PD-0002248421. Na maior brevidade possível comunicaremos o resultado da análise efetuada à sua exposição, não obstante, permanecemos à sua disposição para o esclarecimento de quaisquer dúvidas adicionais através dos nossos canais de atendimento abaixo indicados.
Os melhores cumprimentos,
Endesa Energia

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.