Empresas e Serviços

Endesa - Facturação duplicada

(editada a 23 de fevereiro 2018)

Em tratamento
16719618

A Endesa, de forma leonina e unilateral facturou duas visitas técnicas supostamente efectuadas pela EDP. Em Setembro de 2016 efectuei o pagamento dessa visita e voltei a vê-la facturada em Abril de 2017. Reclamei e voltei a reclamar mas sem qualquer tipo de resposta. Decorreram muitos meses sem qualquer solução até que tive de rescindir contrato sem liquidar a ultima factura uma vez que, com os juros que decorreram de Abril a Dezembro de 2017 já se encontra saldada!!!! Empresas vem para Portugal para obter lucros e isenções preciosas mas que depois não cumprem a legislação em vigor. Pelo Call Center não é possivel resolver, responsáveis nunca estão ou estão ao telefone, por escrito passam meses para efectuar a análise....até desconfio que exista mesmo esta entidade. Tenham vergonha e devolvam o valor que ilegitimamente me cobraram e que retêm desde Abril de 2017. Dizerem que estão a analisar uma situação com mais de 365 dias de atraso não é resposta. Reitero o meu cada vez maior cansaço com este tipo de entidades que tem um índice de reclamações elevadíssimo mas se dá ao luxo de perpetuar as atitudes que tem face a um mercado não regulado e sem rei nem roque. A ERSE é sustentada por empresas como a vossa , logo, é parcial. A DECO ainda vai tentando mas ainda assim é apenas na atitude de cordialidade pois a força do não é grande.

Respostas

Endesa em 2018-02-16 09:53 Prezado Senhor Maria da Graça Rodrigues, Informamos que a exposição apresentada já se encontra a ser analisada por nós, no pedido n.º PD-0002254356. Na maior brevidade possível comunicaremos o resultado da análise efetuada à sua exposição, não obstante, permanecemos à sua disposição para o esclarecimento de quaisquer dúvidas adicionais através dos nossos canais de atendimento abaixo indicados.
Os melhores cumprimentos,
Endesa Energia
Maria em 2018-02-23 20:15 Não é reposta dizer que estão desde Abril de 2017 a analisar uma questão que basta ser merceeiro para preceber! Neste país sem rei nem roque o consumidor fica sem muitas alternativas , a ERSE é sustentada pelas empresas do sector, logo não emite opiniões. A DECO ainda vai tentando fazer o seu papel mas é uma associação que trabalha apenas na base da cordialidade, se a empresa não colaborara pouco podem fazer.

Não é difícil, vejam a factura de Setembro de 2016 e depois vejam a factura de Abril de 2017, e depois vejam a carta que eu mesma pedi à EDP que declara não ter ocorrido qualquer visita no ano de 2017. Logo, eu tenho a OT da prestação de serviços que a Endesa me facturou, o que nunca me foi pedido. Pedi desde o inicio o suporte que supostamente a EDP fez à Endesa dum novo pagamento para arguir com os mesmo, nunca me foi dado.
Só posso concluir que o conluio é vosso. Fui vossa cliente durante alguns anos e sempre paguei a tempo e horas, apesar da vossa flutuação (passaram meses sem facturar, depois facturavam tudo junto; tiveram problemas com os sistemas informáticos algumas vezes e a factura não foi religiosamente mensal...). Tudo fui percebendo e liquidando. Agora chega, quero o estorno do valor pago e só depois regularizarei os valores pendentes. E deveria receber esse estorno com juros porque um ano é demais !!! Basta alguém sentar-se 5 minutos, alguém com um pouco de compreensão e perceberá a situação. Vão à Loja do Cidadão das Laranjeiras e peças à vossa funcionária para ajudar porque a mesma pessoalmente percebeu a situação em 5 minutos.
Endesa em 2018-02-27 14:25 Prezado(a) Senhor(a) Maria da Graça Pestana Rodrigues, Informamos que a exposição apresentada encontra-se resolvida, tendo sido respondida na sequência do Pedido nº PD-0002254356, em 23-02-2018, através de correio.
Não obstante, permanecemos à sua disposição para o esclarecimento de quaisquer dúvidas adicionais contactando telefonicamente o nosso Serviço de Atendimento ao Cliente, através do nº 800 101 033.
Os melhores cumprimentos,
Endesa Energia
Maria em 2018-03-15 20:35 Caros,

A situação não se encontra resolvida pois não foi efectuado o estorno do valor devidamente pago, nem tão pouco se deram sequer ao trabalho de me justificar a cobrança duplicada. Não me basta a vossa palavra pois vocês são persona no grata. Ninguém pode confiar numa empresa que faz o que entende com o dinheiro dos clientes. Acederam à minha conta cobrando valores ilegítimos e sem justificação. Não sei como onde pensam que estão a atura mas neste país ainda existe regras e leis e vocês estão a infringi-las. É direito meu saber o que estou a pagar, assim, e como fizeram cobrança por terceiros (a legalidade está a ser analisada pelo meu representante legal) tenho direito, no mínimo a ver o pedido que vos foi endosado, supostamente, pela EDP.

Vou continuar a fazer publicidade negativa a toda a gente, aos sete ventos sempre que possível, a vossa instituição tem comportamento ilegítimo e de desrespeito total pelos clientes e não merece ter nenhum. São incapazes de assumir um erro, escudando-se numa atitude hipócrita, prepotente e autista...e tudo por uma miséria de € 10,50? Como podem ser tão mesquinhos e altivos, se supostamente a culpa até seria de outra entidade?

Cumprimentos

Maria Rodrigues
Endesa em 2018-03-20 11:35 Prezado(a) Senhor(a) MARIA RODRIGUES, Informamos que efetuámos o registo do seu Pedido a 2018-03-13 14:41:00 com o n.º 2362119. Na maior brevidade possível comunicaremos o resultado da análise efetuada à sua exposição, não obstante, permanecemos à sua disposição para o esclarecimento de quaisquer dúvidas adicionais através dos nossos canais de atendimento abaixo indicados. Os melhores cumprimentos,

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.