Mercado Imobiliário

Remax - Contrato


Concluída
21479018

Lisboa 27/08/2018
Boa noite.
Eu Anabela Vicente Silva Nunes com o nif: 237295130, venho por este meio demonstrar o meu total desagrado relativamente ao contrato efectuado com a vossa empresa nomeadamente a loja remax city em odivelas no fia 15/03/2018, foi nomeada a comercial Joe Morgado que na altura demonstrou todo o brio e empenho em satisfazer as nossas necessidades, que conaistiam em vender a nossa habitação e por consequentemente adquirir um imovel como compra.
Foram efectuadas várias visitas de potenciais compradores por parte da vossa comercial, até que foi efectuada uma proposta para vendermos a nossa casa.
Mais informo que foram enviados por nós varios links de imóveis em que estavamos interessados em comprar para a vossa comercial, a qual da resposta sempre foi ok vamos marcar as visitas e até a data de hoje não foi efectuada qualquer marcação de visita por parte da mesma, mostrando unica e exclusivamente interesse em vender o nosso imovel.
Partindo do pressoposto que apenas podemos vender o nosso imovel após ser encontrado outro para ser adquirido por nós, assim como todo o processo bancario e negociação com o dono do mesmo, nada foi feito nesse sentido, tendo assim nós apresentado a rescisão ou não renovação do contrato como lhe quiserem chamar, tem sido recorrente, por parte dessa senhora mensagens (tendo nos guardado como prova) ameaças que se não assinarmos o contrato de promessa compra /venda com o potencial comprador do nosso imovel que nos seria imputadas responsablidades, assim como a tão desejada comissão, admitindo ela recurso aos tribunais, e passo a citar uma das mensagens " por lei e se quiseres podes informar-te o nosso trabalho está feito, se não aceitares a proposta tens de pagar a mesma a comissão " ou um email a dizer "que temos de aceitar a proposta em 48 horas".
Todos sabemos que a ignorância da lei não favorece ninguém, e como tal foi celebrado um contrato com a remax através da senhora Joe Morgado para nós podermos vender a nossa casa, mas principalmente para comprarmos outra no seguimento do processo. Como nunca nos foi apresentado carta para comprarmos e só ouve preocupação de vender, dai a rescisão ou não renovação do contrato, a partir desse ponto o que nos tem sido feito chama-se coação psicológica obrigando-nos a assinar.
Quero acreditar que a remax, com o bom nome e profissionalismo que tem irá ajudar-nos a resolver este assunto da melhor maneira e com a boa fé que nos acompanha, quero acreditar também que a remax irá junto desta colaboradora tentar que seja agilizado todo o processo, assim como suspensão do mesmo e das feitas tudo devido a comissão.
Na esperança de resolver este assunto em parceria com vocês, fico a aguardar uma resposta vossa com a resolução deste assunto que tanto nos tem causado preocupações e insegurança em relação a venda e compra de um simples imovel.
Iremos as autoridades competentes possiveis para resolver tal assunto caso vocês não o consigam resolver.
Atentamente os melhores cumprimentos
Anabela Nunes

Respostas

Remax em 2018-08-30 15:05 Exma. Senhora
Anabela Vicente,

Acusamos a recepção da sua reclamação, a qual mereceu a nossa melhor atenção.

Informamos que de acordo com a gestão autónoma e independente de cada agência, procedemos à data, ao reenvio da sua reclamação para a RE/MAX CITY, de forma a podermos permitir que sejam apresentados os devidos esclarecimentos sobre a situação.

Agradecemos a atenção dispensada e colocamo-nos ao dispor para qualquer esclarecimento adicional que considere necessário.

Melhores cumprimentos.
RE/MAX PORTUGAL
Departamento de Qualidade

Remax em 2018-08-31 09:54 Exma. Senhora
D. Anabela Vicente,

Após termos contactado a agência, foi-nos informado que o processo está a ser tratado pelo respectivo Departamento Jurídico.

Desta forma, e de acordo com a gestão autónoma e independente de cada agência, solicitamos que, para qualquer esclarecimento contacte com a agência em questão.

Melhores cumprimentos.
RE/MAX PORTUGAL
Departamento de Qualidade

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.