Comércio e Tecnologia: mais de 2500 reclamações desde janeiro

Desde o início do ano até ao dia 23 de fevereiro de 2021, foram registadas no Portal da Queixa 2611 reclamações relacionadas com o Comércio e Tecnologia, um aumento de 168% quando comparado com igual período de 2020, onde foram registas 957 reclamações.

Comércio e Tecnologia: mais de 2500 reclamações desde janeiro
Partilhe

Nesta categoria, o total de reclamações atingido em 2020, foi de 11.525. Um aumento de 138% comparativamente com o número total de queixas recebido no Portal da Queixa, em 2019: 4.840. Em 2020, os principais motivos de reclamação apresentados pelos consumidores portugueses na plataforma foram: atrasos nas entregas (4840 queixas), falha de apoio/resposta (2028) e reparação do produto (1636), pedidos de reembolso (1567) e pedidos de devolução (968).
 

De referir que, foi identificado um aumento das queixas relacionadas com os markeplaces das marcas, verificando-se um crescimento de 194% em 2020 (241 reclamações), face a 2019 (82 reclamações).

Uma tendência que se mantém em 2021, uma vez que, o aumento significativo das compras online veio potenciar as queixas dos consumidores dirigidas aos marketplaces. Este ano, já foram apresentadas 68 reclamações, um aumento de 353% em comparação com igual período de 2020, onde se registaram apenas 15 reclamações.

Em linha com a maior quota de mercado, a Worten foi a marca com maior volume de reclamações registado em 2020 e em 2019. Contudo, a Worten foi também a marca que teve a menor variação do número de reclamações em 2020. Por seu turno, a FNAC viu duplicar as suas reclamações em 2020.

O melhor Índice de Satisfação - com 80.2 em 100 - pertence à Worten, indicador que revela o cuidado da marca na resolução das reclamações e com a satisfação do cliente.

 

Marcas de Comércio e Tecnologia com maior número de reclamações em 2020 e sua variação face a 2019:

 

Marca

Variação

2020

2019

Índice de Satisfação

FNAC

119%

891

497

30.7

Radio Popular

116%

994

461

76.4

Media Markt

109%

378

181

24.6

Worten

75%

3727

2132

80.2

 

Exemplos de reclamações no Portal da Queixa

Vasco foi um dos consumidores que apresentou queixa contra a FNAC: “Um mês depois, continuo a aguardar o reembolso, o que demonstra falta de profissionalismo da parte desta loja.
 

Outra consumidora, Alina, denunciou a falha na entrega por parte da Worten: “Até agora ninguém sabe dizer onde está o aparelho e quando será entregue.”
 

Inês, remete a sua reclamação de atraso na entrega para a Rádio Popular: “Fiz a encomenda dia 30 de novembro porque dizia que os artigos estavam disponíveis até 3dias. Passaram mais de 30dias e até agora ainda não recebi qualquer encomenda ou explicação para o atraso.

 

 


Comentários

É fácil estar sempre actualizado

Mantenha-se informado das últimas notícias e outras informações relevantes com a nossa newsletter!