Encomendas. Consumidores reportaram quase 15 mil reclamações | Portal da Queixa

Setor dos Correios, Transporte e Logística regista aumento de queixas na ordem dos 45%. 

Reclamações aumentam em entregas de encomendas

Desde o início do ano, foram registadas no Portal da Queixa perto de 15 mil reclamações dirigidas ao setor dos Correios, Transportes e Logística, um crescimento de 45%, face a 2019, período de pré-pandemia. O principal motivo de reclamação refere-se ao atraso das encomendas, a gerar 44% das queixas. Este mês de dezembro, as reclamações já ultrapassam as 2.300.

Uma análise do Portal da Queixa ao setor dos Correio, Transporte e Logística identificou um aumento significativo do número de reclamações registadas pelos consumidores na plataforma.

Desde o dia 1 de janeiro a 21 de dezembro deste ano, foram reportadas 14.591 reclamações, um aumento de 45% comparativamente com o período homólogo de 2019, - ano de pré-pandemia e de normal situação no setor – onde se verificaram 10.059 reclamações.

Entre os principais motivos de reclamação apresentados, destaca-se o atraso nas entregas, a gerar 6.474 reclamações (44%), encomendas perdidas ou extraviadas acolhem 2.256 reclamações (15%), encomendas retidas na alfândega a somar 1.746 reclamações (12%) e dificuldades no serviço de apoio ao cliente a registar uma fatia de 2.494 reclamações (17%).

Os dados analisados indicam que, só este mês (de 1 a 21 de dezembro), já foram registadas 2.314 reclamações no Portal da Queixa relacionadas com problemas nas entregas de encomendas (16% do total apurado em 2022). Também aqui, destaca-se como principal motivo de queixa o atraso nas entregas, reportado em 1.811 reclamações (78%).

Os Correios Expresso Nacional e Internacional são a categoria mais reclamada, absorvendo 57% do total de reclamações. De janeiro até ao dia 21 de dezembro, já somam 8.405 reclamações, sendo que, 1.870 foram registadas este mês (22%).

Relativamente ao alcance das reclamações relacionadas com a categoria Correio Expresso – Nacional, estas foram visualizadas, durante os últimos 12 meses, 1.226.841 vezes. Em média, cada queixa dirigida teve 174 visualizações. Já na categoria Correio Expresso – Internacional, as queixas denunciadas foram vistas 187.973 vezes. Em média, cada reclamação registou 183 visualizações.

 

© PRODUÇÃO DE CONTEÚDO | Notícia


 


Comentários(5)

Ver perfil de Helder Alves

Helder Alves

Fico surpreso com tantas queixas apresentadas. Este mês de dezembro fiz 15 encomendas via net e todas elas foram entegues no prazo establecido. 5 via CTT Expesso, 4 via Nacex, 3 via DPD e 3 entregues por diferentes empresas. Nenhum atraso e nada em falta. Terei eu sorte? Não creio, pois durante 2022 fiz 98 compras via net a diversas empresas e não tive de apresentar nenhuma reclamação, pois foi tudo entregue em devido tempo, inclusive algumas foram antecipadas e entregue em sabados e feriados.

Ver perfil de Branca de Jesus L. R. Costa Reis

Branca de Jesus L. R. Costa Reis

Pois, comigo, ainda no dia 30 de novembro enviei um livro (entre regiões de Portugal Continental) que só chegou ao destino no dia 17 de dezembro. Isto para não falar das vezes em que os CTT entregam encomendas a vizinhos, sem minha autorização, ou deixam aviso para levantar nos correios, quando eu estou a trabalhar em casa.

Ver perfil de Andreia

Andreia

Eu no dia 4 de Dezembro fiz uma encomenda,que fazia parte do presente de Natal do meu filho e até hoje nao recebi...encomenda paga e enviada pela Loja no dia 7...desde dia 8 que nao sai dos armazens da GLS...
Nao dá para entrar em contato c o tal armazem...
O meu filho é que ficou tristinho porque nao recebeu o que pediu...

Ver perfil de Iris Hommel

Iris Hommel

Am 13.Dezember 2022 habe ich ein Paket mit 4,160kg und CTT-Versand-Kosten in Höhe von 46.59 Euro inklusive Tracking von CTT versenden lassen und heute nach 25 Tagen ist es immer noch nicht am Versandziel angekomnen und CTT ermöglicht keine exakten Tracking Informationen, das Paket war auch als Present deklariert und nun verbleiben nur traurige Menschen die kein Present erhalten haben weil CTT nicht geliefert hat.

Ver perfil de Iris Hommel

Iris Hommel

Auftragnehmer CTT nahm die Paket-Sendung an, kassierte die Paket-Sende-Kosten aber nach 25 Tagen ist das Paket immer noch nicht am Versandziel angekomnen, CTT ermöglicht keine aktuelle Tracking Informationen, CTT antwortet auf keine Beschwerde Email, CTT ist telefonisch nicht für Beschwerden erreichbar, das heißt CTT ist nicht in der geringsten Form hilfsbereit. Da fehlen uns die passenden Worte das Dienstleistungsunternehmen CTT zu beschreiben.

Mais soluções.

Em cada email.Todas as semanas no teu email as notícias, dicas e alertas que te irão ajudar a encontrar mais soluções para o que necessitas.