Atenção às compras através do site Pixmania

O alerta veio por parte dos consumidores, e resulta do crescente número de reclamações que têm vindo a ser efetuadas à Pixmania no Portal da Queixa.
 

Atenção às compras através do site Pixmania
Partilhe

No primeiro quadrimestre do ano a PIXmania-PRO, empresa responsável pela marca Pixmania, recebeu mais de meia centena de reclamações de consumidores no Portal da Queixa. Só nos últimos 30 dias foram apresentadas 32 reclamações.

Os consumidores relatam situações de falhas nos serviços Pixmania, que os preocupam, como a falta de envio de encomendas pagas, alegados esquemas de burla, e a não devolução do dinheiro após o cancelamento das encomendas.

Ricardo Campos é um consumidor que se considera lesado da Pixmania. Este consumidor fez questão de efectuar a sua reclamação no Portal da Queixa de forma a chegar a uma solução para o seu problema, bem como alertar outros consumidores sobre a atividade que tem vindo a ser praticada pela marca.

A 23 de Fevereiro, Ricardo, ao consultar o site Pixmania tomou conhecimento de uma promoção de um telemóvel com um preço vantajoso com portes incluídos e entrega em dois dias. Decidiu comparar preços em outras lojas online, chegando à conclusão que no site Pixmania a diferença de preço era cerca de 80 euros mais barato pelo mesmo produto. Decidiu efetuar a comprar do artigo através da Pixmania.

Ricardo aguardou três dias pelo envio do telemóvel e apesar de a entrega ter sido garantida num prazo de 48 horas, a encomenda não chegou na data prometida. Telefonou para a linha de apoio da Pixmania para obter um esclarecimento para o atraso da encomenda. O assistente que o atendeu aconselhou-o a cancelar a encomenda porque dessa forma o dinheiro seria devolvido. Seguiu o conselho do assistente e solicitou por telefone que a encomenda fosse cancelada por não ter sido entregue no prazo devido. Dias depois recebeu um e-mail com a confirmação do cancelamento da encomenda e com a informação que dentro de 48 horas iria ser devolvido o montante pago. O dinheiro não chegou à sua conta bancária. Apesar das diversas tentativas de encontrar uma solução através do serviço de apoio ao cliente da marca, Ricardo percebeu que não teria uma resposta concreta para o seu problema.

A 14 de março recebeu outro e-mail, desta vez com uma resposta automática, em que era informado, mais uma vez, que o dinheiro da encomenda iria ser devolvido dentro de poucos dias. Ricardo voltou a entrar em contacto com o serviço de apoio ao cliente da Pixmania, mas não conseguiu falar com nenhum assistente porque o número da encomenda não era considerado válido. Ricardo percebeu que a marca invalidou o número da encomenda porque deu como devolvido o dinheiro da mesma. Apesar da falta de resolução da situação por parte da marca, Ricardo tentou outras alternativas. Primeiro entrou em contacto com a entidade intermediadora de pagamento, que lhe comunicou que estava alheia a toda a situação. Chegou a entrar em contato através da rede social LinkedIn com colaboradores da marca, e a ficar mais de 15 minutos em espera na linha de atendimento da Pixmania para tentar falar com um assistente.

Quase dois meses depois, Ricardo Campos informa que já foi efectuada a devolução do dinheiro da encomenda.

Anteriormente ao lançamento desta notícia, a Pixmania já tinha efectuado uma primeira resposta a alguns consumidores que efectuaram reclamações no Portal da Queixa.
Ao esclarecimento solicitado, a marca informa que antes da reorganização da empresa tiveram algumas situações a tratar. No mesmo esclarecimento é referido que neste momento já se encontram resolvidas essas situações com os consumidores, informando, também, que o serviço de apoio ao cliente já se encontra em pleno funcionamento.
 

Notícia atualizada no dia 21 de abril com esclarecimento do consumidor e da marca Pixmania


Comentários

É fácil estar sempre actualizado

Mantenha-se informado das últimas notícias e outras informações relevantes com a nossa newsletter!