Dia da Internet Segura: Saiba como proteger a sua identidade

Com o desenvolvimento da tecnologia aumentou também o número de casos de roubo de identidade. Este é um crime bastante sério e que ocorre sem o contacto directo com os ladrões.

Informações
Esta notícia foi lida 2570 vezes
Partilhe

O roubo de identidade é um crime bastante sério no qual as vítimas podem sofrer inúmeras repercussões, tal como perderem oportunidades de trabalho, terem empréstimos recusados, serem forçadas a desfazerem-se dos seus bens ou, até mesmo, serem presas por crimes que não cometeram.

Estas confusões, criadas pelos ladrões, podem demorar imenso tempo até serem resolvidas, para além de envolverem um quantidade de dinheiro que envolve este tipo de processos.

 

O que fazer para estar mais seguro?

Este processo ocorre em duas etapas distintas: a primeira, em que alguém rouba as suas informações pessoais e a segunda, na qual o ladrão as usa para se fazer passar por si e cometer fraude.

Assim, as suas defesas têm que que funcionar em ambos os níveis para ter uma proteção mais eficaz, pelo que:

 

1.º

Tenha uma atitude crítica

Suspeite de todos os serviços, aplicações e mensagens que lhe peçam informações pessoais. Procure se informar com a marca ou entidade acerca da fidedignidade do que viu ou recebeu.

 

2.º

Elimine emails suspeitos

Exclua e-mails suspeitos de desconhecidos que contenham anexos que possam ser potencialmente prejudiciais e evite descarregar arquivos enviados por terceiros.

 

3.º

Limite a quantidade de informações pessoais


As redes sociais são a principal fonte de informação dos hackers, pelo que ao limitar os seus dados pessoais não terá que se preocupar em garantir que as configurações de privacidade estejam protegendo os seus interesses.

 

4.º

Controle as suas contas bancárias

Se for proactivo e atento, e mantiver um controlo sobre as suas contas bancárias, contas de cartão de crédito e histórico de crédito, pode facilmente identificar o uso não autorizado de uma conta, no início, e parar uma fraude.

 

5.º

Proteja o seu computador ou dispositivo móvel

Aplicar as últimas actualizações e correcções de sistema é uma boa medida preventiva, para manter o sistema a funcionar e livre de spyware e de vírus.

 

6.º

Use palavras-passe diferentes e fortes

Usar uma senha forte e diferente para contas diferentes dificulta a vida aos hackers, o que significa que o protege a si e aos seus dados mais eficazmente.

 

7.º

Mantenha o navegador atualizado

Atualize sempre o seu navegador (Google Chrome, Firefox,...) para que consiga se defender de possíveis ataques.

 

8.º

Esteja atento às novidades

 A melhor forma de se precaver é andar a par do que se passa através de notícias ou fóruns. O Portal da Queixa é um exemplo onde se reune informação do que possa estar a acontecer, no momento, que afecte marcas e consumidores.

 

 

 


Comentários