Restauração | Bares | Disco

McDonald's - Cobrança indevida de taxas


Aguarda resposta
25815819

Cobrança Indevida de Taxa de Cancelamento

Boa tarde, no presente dia 05 de Fevereiro de 2019, por sugestão da aplicação decidi, instalar a aplicação Uber Eats.

Estou entretanto a explorar e a entender como funciona, adicionei uns artigos do parceiro MacDonalds, às 20h05 e estando o pedido incompleto,sem querer, ou sem me aperceber confirmei o pedido, clico imediatamente no botão cancelar e mesmo foi cancelado. Para meu espanto recebo um e-mail com o recibo de cobrança da taxa de cancelamento porque o restaurante já tinha iniciado a preparação do pedido, enviei entretanto logo um e-mail para o Suporte da Uber as 20h05, como podem ver nem 1 minuto demorei a fazer estas 3 operações. Sinto-me enganado, pela Uber Eats e pelo MacDonalds. De certa forma quero crer que se tenha tratado de algum erro informático, pois não acredito que num minuto o restaurante começasse logo a processar o pedido, ainda por cima em hora de jantares.

Como se não bastasse é também me cobrada a taxa de entrega, ou seja, no total paguei 10.15€ por algo que não usufrui.

Alerto para as pessoas terem muito cuidado com este tipo de aplicações.

Agradeço a atenção dispensada.


Esta reclamação tem um anexo privado

Comentários


FP

A curiosidade matou o gato.Tanto querem modernices sem perceber nada e depois levam a banhada.



Rafael V.

Caríssima FP.
Ditado de origem Europeia, numa época em que as pessoas não gostavam muito de gatos. Estavam no fim da Idade Média e haviam aprendido que os gatos, especialmente os gatos pretos, traziam má sorte.

Com o intuito de acabar com os gatos, alguns faziam armadilhas, usando como iscas coisas estranhas que chamavam a atenção do felino curioso. O gato lá sempre ia com cautela, mas a curiosidade diante do objeto desconhecido acabava levando-o a cair na armadilha.

Nesse período alguns líderes, temendo que as suas ideias fossem questionadas, começaram a usar o exemplo do "gato curiosio" para inibir aqueles que queriam aprender mais a respeito da Bíblia e da ciência. "A curiosidade", diziam, "matou o gato."




Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.