Serviços do Estado

IEFP - Apoios de Engodo

(editada a 2 de março 2018)

Aguarda resposta
16727818

Venho por este meio reclamar pelos serviços prestados pelo IEFP, que diz ter apoios à mobilidade geográfica, sendo que concorri com o meu namorado e que nos seria dada uma resposta no prazo de 15 dias úteis. Pois bem, passaram-se os 15 dias sem nenhuma resposta, neste momento já me encontro a mais de 200 km de casa com o meu namorado que também concorreu ao apoio, ninguém no apoio telefónico sabe o que fazer, como no balcão empurram para a linha telefónica. É inadmissível que com um prazo de 15 dias úteis não exista uma resposta, um esclarecimento sequer dos nossos processos. O serviço telefónico é péssimo, ninguém se mostra interessado em ajudar e nem cumprem os horários, visto ser até às 20h e a partir das 19h40 já não atendem telefonemas. Agora é Carnaval e encontro-me com o meu companheiro que também pediu o apoio completamente desorientados com este serviço. Isto é um engodo para que o prazo passe e percamos o direito ao apoio e o dinheiro ficar para o estado. Engraçado que quando somos desempregados e faltamos a uma das sessõezinhas para justificar ordenados, se não justificamos logo o subsídio é logo cortado. Enquanto os foliões se acalmam eu e o meu companheiro estamos apenas com um pacote de massa, no meio do nada, porque já nem para nos dirigirmos ao centro de emprego do Barreiro temos possibilidades. É uma vergonha ser cidadã portuguesa e o meu país não dar importância nenhuma aos seus cidadãos. não desistirei até isto se resolver! Estamos a dia 02/03/2018 e continuo à espera do dito montante, de referir que ao ligar para o departamento as senhoras que nos atendem riem-se da nossa cara, estamos sem dinheiro, prestes a ficar sem trabalho porque não temos dinheiro para o transporte que nos leva até ao emprego... Depois admiram-se se uma pessoa perder a cabeça e varrer alguma destas bestas. Cansada deste sistema!

Respostas

Ângela Mendes em 2018-03-02 13:45 de notar que as candidaturas seguiram dia 22 de Janeiro!

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.