Chaves do Areeiro

Chaves do Areeiro, SA

Ranking na categoria

Categoria
Chaves, Fechaduras e Incêndio

Telefone: 707203010

Morada
Praça Francisco Sá Carneiro, 10
1000-160 Lisboa

E-mail
geral@chavesareeiro.pt

Website
http://www.chavesareeiro.pt

Recomenda esta marca?

0
1

Partilhar esta página

Chaves do Areeiro
Chaves do Areeiro respondeu à reclamação de Helena Gouveia
há 1 ano
Sem resolução
Nova resposta
Chaves do Areeiro

Chaves do Areeiro - Da cópia de 3 chaves, apenas uma funcionou...

A cliente pediu a execução de cópia de chaves. Como é habitual tentamos fazer sempre a cópia da chave de acordo com o original, com garantia de sucesso na esmagadora maioria das vezes. Contudo, por vezes as chaves do cliente apresentam um desgaste fora do normal (como neste caso, que era bem evidente), e apesar de a original funcional bem porque a fechadura se ter adaptado a esse desgaste, a cópia viria a ter problemas no funcionamento. Nestes casos, o cliente traz de novo a chave para rectificação ou um técnico nosso desloca-se ao local para verificação da origem do problema (chave ou fechadura).
Neste dia e neste caso, chamámos a atenção ao cliente sobre o desgaste visível na chave, mas de imediato fizemos uma nova chave.
Consideramos que não somos responsáveis por qualquer devolução referente a trabalhos de terceiros pois temos técnicos para resolver esses problemas sem necessidade de recorrer a outras empresas.

Chaves do Areeiro
Chaves do Areeiro respondeu à reclamação de patricia noronha
há 1 ano
Sem resolução
Nova resposta
Chaves do Areeiro

Chaves do Areeiro - Tentativa de burla

Confirmamos que foi solicitada a intervenção para abertura de porta no trinco. No local, o nosso colaborador foi recebido pelos inquilinos (a cliente que apresenta a reclamação não estava presente no local), e de imediato iniciou a tentativa de abertura da porta pelo método mais fácil e convencional que é o da aplicação de uma peça que vai ao trinco da fechadura e tentou movimentá-lo de forma a que fosse possível abrir a porta (esta peça é idêntica a uma radiografia, mas mais adequada ao efeito). Este método não surtiu efeito pelo facto de a porta estar muito justa e ter uma borracha vedante, o que dificultou a introdução da peça. Posteriormente, o técnico limou a ponta da chave e tentou abrir a porta, mas sem êxito. O nosso colaborador, com uma experiência de mais de 20 anos em abertura de portas, tentou resolver o problema da forma mais simples e económica para o cliente.
A alternativa seguinte seria furar o cilindro e consequentemente a colocação de um cilindro novo. O nosso técnico informou que o custo seria superior ao inicialmente previsto e o inquilino decidiu telefonar para a proprietária do imóvel, para que a mesma decidisse se queria avançar com esta solução. A cliente recusou esta solução e disse ao nosso colaborador que ia tentar por outra via.
Conclusão: Deslocámos um colaborador para o local, apresentámos uma solução para abrir a porta (que foi recusada pela cliente), e não cobrámos qualquer valor pela intervenção. Duvidamos que a porta tenha sido aberta pelo método da radiografia, pelos motivos atrás expostos.

Carregar mais