Burlão do OLX foi apanhado nos CTT de Coimbra

Depois de várias queixas no Portal da Queixa sobre as burlas, o indivíduo terá mesmo chegado a fazer ameaças de morte quando confrontado pelas vítimas.

Informações
Esta notícia foi lida 20823 vezes
Partilhe

Cada vez mais os portugueses compram online e muitos apostam nas compras e vendas em segunda mão. Uma das plataformas de compra e venda de material em segunda mão em destaque,no nosso país, é sem dúvida o OLX.

No Portal da Queixa os consumidores reclamam das mais variadas situações, na sua maioria referentes a pagamento de equipamentos informáticos que nunca chegam a rececionar.

Este foi o caso de Filipe Rebelo o qual afirma que "A meio de Novembro de 2016 vi um anúncio bastante apelativo no Olx, tratava-se de um computador HP da série Star Wars com a descrição "HP Starwars C/Garantia SSD 940m" (preço 325 euros). Trocámos umas mensagens e chegamos a um acordo quanto á venda.".

Por isso, e apesar de aparecerem vários artigos em bom estado e a bom preço, é fundamental que os compradores tenham em consideração todas as regras de segurança para não serem burlados.

 

Apanhado indivíduo denunciado em reclamações no Portal da Queixa

Recentemente foi apanhado em Coimbra um burlão que comprava e vendia artigos informáticos no OLX.

A noticia foi avançada pelo Diário das Beiras que revela que um homem, de 24 anos, sobre quem pendem vários mandados de captura, foi ontem detido na estação dos CTT, da Avenida Fernão de Magalhães, em Coimbra. Segundo o jornal, foram os próprios funcionários dos CTT que retiveram o homem naquela espaço até à chegada da PSP.

Sabe-se ainda que o indivíduo tem residência no Barreiro e em Coimbra e terá burlado várias pessoas através de negócios na plataforma de compra e venda online OLX. A maioria dos artigos informáticos que tinha à venda simplesmente não existiam e desta forma burlava os possíveis compradores.

Depois de várias queixas no Portal da Queixa sobre as burlas, o indivíduo terá mesmo chegado a fazer ameaças de morte quando confrontado pelas vítimas.

 

Fonte: Pplware

 


Comentários