Celimpa

Celimpa

Serviços de Limpeza, Lda
Ranking na categoria
Partilhar esta página

Celimpa - Limpeza pós-obras

Sem resolução
19876618
3282
Marta Cruz apresentou a reclamação

Foi agendada, através de contacto telefónico, uma limpeza pós-obras, para um apartamento de 68 m2, na Rua de Sá da Bandeira, para o dia 28 de Maio do corrente ano. O tempo para o serviço foi estimado, mediante as informações prestadas, em 3 horas de trabalho das funcionárias mas, tendo estas alegado ter necessitado do dobro do tempo para fazer a limpeza, foi pago o montante de 108 €, correspondente a 6 horas.
Verificando que o trabalho não ficou completo, foi solicitado, mais uma vez por telefone, que voltassem – o que aconteceu no dia 1 de Junho – e foram cobrados mais 18 €, correspondentes a 1 hora de trabalho.
Ainda assim, no dia 6 de Junho, após observação mais cuidada, verifiquei que o trabalho realizado não foi de modo nenhum satisfatório, pois mesmo após a segunda visita, existia bastante sujidade na caixilharia, paredes e chão, que aparentavam não ter sequer sido limpos. Desta forma, enviei um e-mail à empresa, através do contacto geral@celimpa.pt, divulgado no site, a dar conta da situação e a solicitar quer o agendamento de uma data e hora para completar o serviço, desta vez sem custos, quer o envio da factura correspondente ao montante já pago, de 126€.
Não obtive qualquer resposta ao e-mail enviado, pelo que, no dia 13 de Junho enviei novo e-mail, solicitando a devida resposta e o envio da factura relativa ao montante já pago. Anexei, desta vez, fotografias do estado do apartamento após os serviços prestados, ilustrativas do motivo da reclamação que fizera.
Mais uma vez não obtive qualquer resposta, pelo que me vi obrigada a recorrer a uma reclamação por esta via.


Esta reclamação tem um anexo privado
18 jan 2019
Celimpa adicionou uma resposta

Boa noite após varias tentativas de contacto, no dia 18/01 pelas 21 Horas falei com a Sr D Maria Coelho, e no decorrer da conversa facilmente se chegou à conclusão que o erro foi o serviço ser à hora e não por orçamento.

No decorrer da conversa telefónica foi proposto a oferta de algum serviço de limpeza adicional, mas na realidade a senhora não pretendeu, apenas alegando que queria ser ressarcida do valor pago.

A proposta que fizemos não foi de assumir qualquer responsabilidade do serviço efectuado, mas sim sanar a situação em definitivo.

O que alega é que foi demasiado tempo para o serviço proposto, e que as funcionárias ficaram lá em casa e trabalharam pouco .

A interpertação que a D Maria faz é um contrassenso total, passo a explicar :

1 - Se a senhora entregou a chave a funcionária e não esteve em casa no decorrer da limpeza, elas podiam continuar a fazer que fazem como diz para dar mais horas.

2- Se as funcionárias são assalariadas ao Mês, qual o interesse de fazer mais horas.

3- Se fosse um orçamento fechado, não iria dar problemas porque aceitava ou recusava.


Como deve perceber para orçamentar um serviço, o mesmo terá que ter sempre uma margem de erro ao valor fixado, que era o método mais adequado para si.

Não queremos receber horas não trabalhadas, mas também não podemos oferecer ao cliente as horas gastas em serviço, o que oferecemos e com todo o gosto é algum apoio de limpeza solidaria durante o Ano a algumas instituições de forma gratuita que não é o seu caso felizmente.

Conclusão - O que foi escolhido pela Dª Maria foi um serviço pago à hora e bem, só que as horas que a Dª Maria quis pagar eram manifestamente reduzidas para o serviço proposto, por isso o serviço não ter ficado concluído.

Atenciosamente

Dep comercial
Paulo Silva

22 jan 2019
Marta Cruz adicionou uma resposta

Mantenho a reclamação e acrescento a indignação por esta resposta.
Se o Sr Paulo Silva se esqueceu, relembro-lhe:
- Durante sete meses não recebi qualquer resposta à minha reclamação, apesar das inúmeras tentativas de contacto, inclusivé presenciais na sede da empresa.
- Vem, em Janeiro de 2019, encenar a sua vontade de reparar um problema que criou em Maio de 2018, quando a casa para a qual a limpeza de fim de obra foi pedida, está já habitada há meses.
- À data, foi dada telefonicamente pela empresa Celimpa, uma estimativa de custo para limpeza de um T2 de 68 m2, de 3 horas de trabalho a 18€/hora. Concluído o trabalho, em 6 horas, foi cobrado e pago o dobro do estimado.
- Verificada a péssima qualidade de execução do trabalho, foi agendada nova visita ao apartamento, tendo sido paga mais 1 hora de trabalho.
- O resultado da limpeza manteve-se indecente.
- A empresa não emitiu factura pelo serviço prestado, apesar dos insistentes pedidos para que o fizesse.
A minha comunicação com a Celimpa encontra-se documentada por e-mail.
Nunca recomendarei esta empresa e faço a publicidade que entender perante os meus conhecidos.

24 jan 2019
Celimpa alterou o estado para Sem resolução
20 mar 2019
Marta Cruz avaliou a marca

1/10

Não

Voltaria a fazer negócio?

Péssimo serviço (ou ausência de serviço), ausência de factura

Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)