Banca e Seguros

NSeguros - Falta de regularização de processo


Em tratamento
16095618

No dia 15 de Outubro de 2017 fui vitima Roubo da minha Viatura.
De imediato me desloquei a esquadra de Policia onde apresei queixa contra desconhecidos e onde foi elaborado um auto de denuncia , de imediato informei a seguradora do sucedido para qual enviei um email e juntei em anexo o auto realizado pela policia. Nesse mesma dia e em conversa com a linha de apoio da companhia fui informado que teria de aguardar um prazo de 60 dias e se a viatura não aparecesse nesse mesmo espaço de tempo iria ser indemnizado pela companhia pois a minha apólice era contra todos os riscos e tendo ainda uma clausula de privação de uso da viatura de 50€ por dia.
No 59º dia (16/12/2016) e em véspera de terminar os 60 dias dados como prazo de regularização do sucedido pela companhia recebi uma chamada de um perito da companhia a dizer que queria estar comigo para dar inicio ao processo de averiguação do sucedido... estranhei pois supostamente qualquer género de averiguação deveria ter sido feito muito antes do fim do prazo dado pela companhia , assim como para apuramento mais exacto do sucedido, contudo prontifiquei-me a nessa mesma manha realizar esse encontro pois o que queria era uma resolução rápida desta situação uma vez que já quase 2 meses que estava privado da minha viatura e a mesma faz-me muita falta.
Cerca das 11h30 desse mesmo dia encontrei-me com o perito e qual não foi o meu espanto quando o mesmo me disse que iria proceder então as diligencias e a procura da viatura e que eu deveria fazer o mesmo... sorri e respondi que para isso serve a policia e que mesmo ele se iria procurar a carrinha ou algum indicio do que quer que fosse não deveria ser no dia em que termina o prazo da seguradora para a regularização do processo mas sim logo desde o principio pois possivelmente o sucesso de encontrar alguma pista ou indicio teria um exponencial muito maior de sucesso do que passado quase 2 meses.
Terminada a reunião com o perito e fornecidas todas as informações que disponha sobre o assunto assim como as chaves da viatura solicitadas pelo mesmo fiquei aguardar por algum género de contacto por parte da companhia...
Depois de muitas chamadas para a linha de apoio da N seguros e de muitas tentativas de alguma resposta ou solução para o meu problema, só no dia 5/01/2018 recebi um email com o seguinte conteúdo:

Reportamo-nos ao sinistro identificado em epígrafe..
Informamos que o capital seguro da viatura, à data do furto cifra-se em € xxxxx no pressuposto da mesma não ter sido localizada/recuperada.
Solicitamos que seja reunida a seguinte documentação:
¿ Declaração de Venda preenchida e legalizada só na parte do vendedor
¿ Modelo 9 do IMTT (pedido de certificado de matrícula)
¿ Título de Registo de Propriedade e Livrete (ou o DUA)
¿ Fotocópia do BI e do NIF
¿ Extinção de Reserva de Propriedade/Cancelamento do Contrato de Leasing ou ALD, caso exista
¿ Chaves do veículo e seus duplicados
¿ Livros de garantia de Instruções e das Revisões
¿ Códigos de Segurança caso existam
¿ Declaração da PSP ou GNR em como a viatura não foi recuperada até esta data.
Mais informamos que o processo, foi remetido para despacho superior, pelo que deverá aguardar uma nova comunicação para proceder ao envio dos elementos indicados.

Ao qual prontamente respondi o seguinte:

Caros senhores venho por este meio confirmar que o capital seguro pela viatura corresponde ao acordado segundo apólice de seguro, contudo falta ainda juntar a privação do uso da viatura durante este período acordado também segundo apólice no valor de 50€ diários.

Uma vez que já ultrapassa em larga escala o período de 60 dias que a companhia tem para regularizar agradeço uma célere resolução deste processo para evitar algum género de participação minha junto do Instituto de Seguros de Portugal, CIMPAS (Centro de Informação, Mediação, Provedoria e Arbitragem de Seguros) , ASF - Autoridade de Supervisão de Seguros, entre outras identidades competentes para o assunto.

Sem mais assunto de momento subscrevo com os meus melhores cumprimentos.

Desde a troca deste email e até a data nunca mais obtive nenhum género de email da companhia para a regularização do processo, e todas as informações que obtenho quando ligo para a linha de apoio são sempre as mesmas:
- " o processo, foi remetido para despacho superior, pelo que deverá aguardar uma nova comunicação!"

Além de já ter enviado todos os documentos para companhia para info@nseguros.pt assim como uma vez me foi solicitado nas imensas chamadas que já fiz para a linha.
Ou seja hoje é dia 18/01/2018 e continuo sem nenhum género de solução para o meu problema assim como sem nenhuma respostas por parte da companhia.

Respostas

NSeguros em 2018-01-19 12:32 Exmos. Senhores,

Acusamos a receção da exposição efetuada, a qual mereceu a nossa melhor atenção.

No que respeita ao seu conteúdo, para que a situação possa ser devidamente analisada pelos nossos serviços, informamos que as reclamações comunicadas à N Seguros deverão ser apresentadas pelos seguintes canais:
• Email, Fax, Formulário disponível no sítio da N Seguros ou comunicação escrita dirigida para o seguinte endereço postal:
N Seguros S.A.
Gestão de Reclamações
Zona Industrial da Maia I – Sector IX (Norte)
Rua de João Moreira da Costa Maia, Lote 20
4470-439 Maia

Melhores Cumprimentos,

Gestão de Reclamações
N Seguros, S. A.
Grupo Montepio
Aida Monteiro em 2018-01-19 15:11 Caros senhores,
infelizmente todas as reclamações que já efectuei ate a data continuam sem resposta, assim como quando ligo para a linha a resposta é sempre a mesma: -" o processo, foi remetido para despacho superior, pelo que deverá aguardar uma nova comunicação!"...
E andamos nisto a mais de 30 dias!!!
Por isso o que responderam a minha reclamação não passa de uma mera resposta formatada .
É demasiado grave a situação que voces colocam os vossos clientes, prova disso é uma vez mais este tipo de resposta que colocaram nesta reclamação.

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.