WiZink

WiZink

WiZink Bank, S.A. – Sucursal em Portugal
Ranking na categoria
Partilhar esta página

WiZink - Phishing

Em tratamento
76558022
191
0 gostos
Dioclecia Melo apresentou a reclamação

No dia 25-01 à noite por volta das 21h21, recebi uma mensagem no correio eletrónico, com uma informação de que um novo número tinha me sido associado. (conforme o anexo 1 e 2)
Perante tal, concederei estranho, pensando que deveria ser engano. Às 22h horas, do mesmo dia, recebi várias mensagens no telemóvel (anexos 3, 4 e 5) a solicitar o uso de códigos para concluir a operação.

O remetente e o conteúdo despertaram-me desconfiança, nomeadamente por não conhecer a sua origem, perante tal, não cliquei nas hiperligações indicadas, nem executei as ações pedidas, e não divulguei dados pessoais.

Perante tal telefonei para à Wizink, tendo sido informada, de que, os seus serviços se encontravam encerrados. Daí entrei no site e bloquei de imediato o cartão de crédito.

No dia seguinte, contactei de imediato a instituição bancária e reportei o sucedido, e solicitei informações sobre os procedimentos a adotar. Fui informada, de que, teria que, aguardar pelas 48 horas para proceder com a queixa crime.

Após este tempo, voltei novamente a contactar várias vezes a Wizink, na qual, informaram que, ainda teria que, aguardar, pois, ainda não tinha havido autorização da compra, por parte do comerciante.

No dia 31/01, voltei a entrar em contacto com a instituição bancária, afim de saber, se era possível avançar com o processo, foi aí que fui informada que teria que me dirigir à PSP para apresentar queixa. No mesmo dia dirigi-me à PSP que me informaram que teria que ter conhecimento dos movimentos efetuados. Voltei a entrar em contacto com a Wizink, estes informaram que somente a partir do dia 12-02, com o extrato dos movimentos, que poderia avançar com o processo crime na PSP.

Fiquei muito aborrecida com todos os procedimentos necessários para o tratamento do processo.

No dia 09-02 contactei novamente com a Wizink, estes informaram-me que seria enviado a documentação necessária, via email, para proceder com a queixa, e que eu teria que aguardar pelo o dia 12-02 para receber extrato com os movimentos, para fazer o preenchimento da documentação que me foi enviada pela instituição.

Após este contacto, no dia 15/02 participei a situação fraudulenta, com uma queixa crime, ao órgão de polícia criminal – Polícia de Segurança Pública (PSP). Após todos estes procedimentos fui informada pela a Wizink de que, teria de aguardar pelo resultado da investigação.

Assim venho reclamar o seguinte:

- Considero vítima de uma burla ao meu cartão de crédito, num valor total de 610,22 euros (os documentos que seguem em anexo). O cartão não era utilizado há mais de 2 anos.
-Desencadeei todo o processo de reclamação de acordo com as indicações dadas pela instituição bancária.

- No dia 05/05 fui informada, via telefone, pelos serviços de cobrança da instituição bancária, de que teria que pagar o valor de 15 euros, referentes a um valor em dívida de 610 euros. Até à data p data não recebi qualquer notificação por parte da instituição bancaria, a informar-me do resultado da investigação (carta, email, telefonemas).

-Após esta ocorrência, iniciei novamente o processo de reclamação à instituição bancária (dia 5/5). Passado uns dias, recebi uma informação (via email), de que a investigação iria ser novamente averiguada. Contudo, continuei a receber chamadas, diariamente, e várias vezes ao dia, da instituição bancaria, do setor de cobranças, a informar-me da necessidade de pagamento dos valores em dívida e dos respetivos juros.

- Em cada contacto estabelecido, fui sempre informando e reportando, à instituição bancaria, o sucedido da minha situação.
Constatei haver falhas de informação entre os dois setores (investigação e cobranças) como também uma falta de competência, primeiro, na forma de abordar o cliente e segundo, o avançar com cobranças, sem que o cliente tenha sido notificado (por escrito) e tomado conhecimento do resultado, da investigação do seu caso.

Peço o vosso apoio, uma vez que, não reconheço os atos praticados, e por ser verdade afirmo, que não participei nas referidas compras, como também não fui notificada, do caso, por parte da instituição Wizink, que considero ser uma situação de negligência e incompetência, por parte desta instituição bancaria.

Volto a insistir com toda a veemência que os movimentos realizados não foram da minha autoria, suspeito de sido vítima de uma atuação fraudulenta financeira, com utilização dos meus dados pessoais.

Esta reclamação tem um anexo privado
23 jun 2022
WiZink adicionou uma resposta

A exposição encontra-se encerrada. Obrigado

WiZink está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)