Intrum

Intrum Portugal, Unipessoal Lda

Categoria
Cobranças

Telefone: 213172200

Morada
Alameda dos Oceanos, 59
Edifício Espace
Piso 1, Bloco 2 A/B
Parque das Nações
1990-207 Lisboa

E-mail
info@pt.intrum.com

Website
http://www.intrum.com/pt/

Recomenda esta marca?

9
81

Partilhar esta página

Intrum - Administrativa

Em tratamento
23105118
591
0 gostos
Vera Rocha apresentou a reclamação

Venho por este meio fazer queixa das assistentes da INTRUM.
Pois a 20 de Agosto deste ano ligaram para o meu pai a comunicar lhe uma divida, como ele se encontra doente disse que ia passar o telefone à sua filha para esclarecerem o assunto. Depois de do meu pai me passar o telm a assistente perguntou me pelos meus dados pessoais onde eu não diria enquanto não se identificasse, pois além de arrogante, foi mal educada e, também a informei que não sabia com quem estaria a falar.
Daí dei o meu NIF e a tal Sónia continuando arrogante falou que o meu pai continha uma dívida de um equipamento da MEo ( Achei estranho pois tinha vindo da loja da Meo e tinham dito que não havia divida nenhuma). Continuando a conversa a tal Sónia insistia em que pagasse a divida e eu disse que isso não era bem assim como dizia, sem provas, documentos, etc.
Nesse mesmo dia liguei para a Meo e continuavam a confirmar que o meu pai não possuiria nenhuma divida (fiquei tranquila pois temos todos os comprovativos).
Ao final da tarde volta a ligar a tal Sónia, apercebi me do telefonema e pedi ao meu pai que passa se o telm, daí dei-lhe um lição de "mural" onde de seguida me desliga o telm na cara.
Voltamos à Meo para obter informações, daí explicaram nos que o equipamento estava a ser pago à Meo por mensalidades, mas como cancelamos o contrato da mensalidade do telm teríamos que pagar o equipamento na totalidade.
Em vez da Meo informar o cliente que não o fez, foi de imediato para a sua agência credora, essa agência liga ao cliente sem primeiro enviar uma carta exigindo um pagamento.

passam uns meses e:

A 8 de Outubro o meu pai recebe uma carta dizendo que tem uma divida e se não a pagar em 3 dias o cliente dará seguimento a um processo.
Ligo para a Intrum onde a assistente Ana Oliveira diz que o cliente não possui nenhuma divida e para contactar a Meo a pedir um documento a dizer que o cliente não possui qualquer divida.... ligo para a Meo onde o callcenter Marta Silva diz que esse assunto já se encontrava tratado com a agência credora. Mais uma vez ligo para a Intrum....
Sou atendida pelo assistente Miguel Pedroso que me diz:

"enquanto o processo não estiver concluído serão enviadas cartas automaticamente ao cliente"
Eu respondi: " Isso é falta de bom censo porque tenho o meu pai muito doente e aparecerem lhe cartas para pagar sabendo que não possui dividas é um choque".


Em suma:

O meu pai está a ser alvo de perseguição agradeço que essas agências sejam punidas pela falta de credibilidade perante os clientes, são arrogantes e fraudulentos da forma como agem.
Garanto vos uma coisa, se acontecer algo ao meu pai por causa deles vão ter me as pagar.
22 Nov2018
Intrum adicionou uma resposta

Exma Sra,

Agradecemos o seu contacto relativamente à exposição apresentada no Portal da Queixa nº#23105118, a qual mereceu o nosso maior cuidado. Após análise dos motivos que originaram a situação exposta, cumpre informar que no caso em apreço, a Intrum apenas interveio como prestadora de serviços para o seu Cliente. As situações expostas por V. Exa foram tratadas diretamente com a pessoa responsável, encontrando-se o caso regularizado e encerrado junto dos N/ serviços.
Renovamos o nosso agradecimento pelo seu contacto que em muito contribuiu para a prossecução dos N/ objectivos no âmbito da melhoria contínua dos Serviços prestados.
Com os melhores cumprimentos.

Intrum está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)