Performance da Marca
18.6
/100
Insatisfatório
Insatisfatório
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
28,6%
Tempo Médio de Resposta
0%
Taxa de Solução
28,6%
Média das Avaliações
10%
Taxa de Retenção de Clientes
0%
Ranking na categoria
Soc.Port.Com.e Rep. de Autom. Lda
  • 244829730
    Chamada para a rede fixa nacional
  • R.DR.VIRGILIO VIEIRA CUNHA-BARRUIVO
    2400-447 LEIRIA
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Lizauto - Atraso exagerado no concerto de viatura

Sem resolução
MARCO ANTONIO RABELO DA COSTA PINTO
MARCO PINTO apresentou a reclamação
28 de novembro 2019
Vale a pena ter um Fiat em Portugal ?

No dia 30 de setembro dei entrada com minha viatura FIAT TIPO SW 2019 na LIZITALIA (concessionária Fiat em Leiria) com avarias na parte frontal. No entanto, apenas no dia 11 de outubro (após 3 idas do perito à oficina, diante da falta de mão de obra da Lizitalia para desmontar a parte afetada pela colisão), a seguradora GENERALY conseguiu autorizar o conserto.
Após autorização, fomos informados que os técnicos do setor de peças somente iriam iniciar o conserto no final de outubro e que meu carro permaneceria parado no pátio. E aí inicia-se o meu aborrecimento, minha indignação, uma vez que pela informação do responsável do setor de peças da LIZITÁLIA, o referido conserto, em tempos normais, seria realizado e entregue ao final de 5 dias no máximo, o que aumentou e muito minha indignação, inclusive porque a LIZITÁLIA não se manifestou sobre nosso pedido de disponibilidade de um veículo em substituição diante da previsão de demora do conserto.
Pois bem. Após arcar com os custos de um primeiro aluguel de viatura (em Lisboa, o que ficaria mais barato do que em Leiria) até o final de outubro de 2019, fomos novamente informados que a viatura somente estaria pronta no final de novembro de 2019, considerando que somente no dia 21 de outubro a referida LIZITALIA fez o pedido das peças junto a marca FIAT,cuja entrega não ocorreria antes do dia 21 de novembro.
Mais uma vez, fomos obrigados a realizar outra locação de veículo até o final de novembro de 2019.
No dia 20 de novembro, depois de 52 dias de espera, aborrecimento, descaso por parte da FIAT e LIZITALIA e um prejuízo desnecessário de $ 644,84 euros com aluguel de carro (sem contabilizar perda de tempo com deslocamento às locadoras, com telefonemas), a Lizitalia (ressalte-se, pela primeira vez) entra em contato por telefone informando que a viatura estava pronta.
Saliente-se, que durante esses 52 dias procurei, a todo custo (e-mails, telefonemas), que a FIAT e a LIZITALIA resolvessem o meu problema, pelo menos a disponibilização de um veículo em substituição, pois as minhas despesas já estavam altas demais, e já havia utilizado o veículo em substituição da seguradora.
Mas sem sucesso.
Fiz uma reclamação no Livro da LIZITALIA, mas parece que até esse procedimento ainda não foi encaminhado, num total descaso com a legislação em vigor.
Entrei novamente em contato com a FIAT, já com a viatura em mãos, solicitando algum ressarcimento (pelo menos dos valores gastos com aluguel) amenizando um pouco o transtorno, e a única coisa que me ofereceram foi extensão da garantia. Ora, eu já tenho a garantia de fábrica quando comprei o veículo, tal oferta não contempla em nada meus gastos.
A marca FIAT informa que não tem culpa do ocorrido. Mas será que não? Não é a marca FIAT que autoriza e libera a licença dessas autorizadas a venderem viaturas da sua marca?. Não estou falando de uma oficina ou revedendora de viaturas qualquer, estou tratando de uma concessionária, responsável pelas revisões, recalls, garantias, vendas da marca FIAT. Quando compramos uma viatura, estamos comprando a marca, e esperamos que esta marca satisfaça as nossas expectativas, não precisando me preocupar com as concessionárias, pois está implícito que cabe a elas prestar um atendimento de qualidade e excelência que a MARCA FIAT exige .
Já possui diversas marcas de viaturas, mas nunca fiquei tão decepcionado com a compra de uma, tão revoltado e indignado com o descaso a um cliente, como aconteceu comigo .
Data de ocorrência: 28 de novembro 2019
Esta reclamação foi considerada sem resolução
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.