SEF

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Ranking na categoria

Categoria
Polícia, Emergência e Bombeiros

Telefone: 214 236 200

Morada
Avenida António Augusto de Aguiar, 20
1069-119 LISBOA

E-mail
dir.norte@sef.pt

Website
http://www.sef.pt

Recomenda esta marca?

36
51

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

SEF - Pedido de autorização de residência

Aguarda resposta
16305818
792
0 gostos
Victoria Seniv apresentou a reclamação

Estimados Srs. Inspetores, bom dia.

Meu nome é Victoria Seniv, Natural de Drohobych, Ucrânia, e residente desde Novembro de 2014 em Odivelas, Lisboa.

Venho por meio deste retratar a minha realidade e a insatisfação junto aos processos internos do SEF.

Resido em Portugal há três anos, país o qual escolhi para fazer minha vida e colher bons frutos do meu esforço, suor e força de vontade.
Vejo em Portugal novas oportunidades para recomeçar, e ao levar em conta minha boa conduta frente ao país e seus conterrâneos, fico extremamente chateada com o facto de até o presente momento não ter tido a oportunidade de me apresentar frente a SEF, expor os pormenores e ter o meu direito (como cidadã e humana) em obter a autorização de residência no país.

Sou natural de Ucrania, e escolhi o país pela segurança, pelo povo acolhedor, pelas vantagens em poder 'ir e vir' livremente, em ter uma vida digna. O vosso país me proporciona um trabalho, me proporciona qualidade de vida e me proporciona (principalmente) o prazer de estar aqui, e fazer parte de um âmbito com tantas pessoas boas.

No entanto, estando inscrita no SEF desde Fevereiro de 2016, com todos os descontos necessários para Segurança Social, com todos os dados actualizados e pagos junto as Finanças, e sem nenhuma pendência junto aos órgãos competentes Portugueses, aqui fica a minha insatisfação: até o presente momento não tive a oportunidade de me apresentar, devido aos atrasos e filas intermináveis junto a SEF.
Para ser transparente, a falta da Residência nos priva de direitos. Nos priva de ter uma carta de condução, nos priva de ter a oportunidade de visitarmos a nossa familia nos nossos países, nos priva de melhores oportunidades de trabalho e acaba por deixar um pequeno desespero, pois como devem desconfiar, não é fácil ser emigrante. Não sabemos o nosso dia de amanhã, não sabemos se teremos emprego, não sabemos se teremos outra oportunidade de recomeçar sem o papel de residência.
Fica sempre o ar de 'não vai dar certo'.

Em Portugal, aprendi a ser melhor. Aprendi que também posso ser suficiente, que sou uma pequena parte de uma máquina que funciona todos os dias. De um país patriota, que luta por seus direitos, e que arca com seus deveres.
Aprendi até mesmo a falar fluentemente o Portugues, lingua a qual faço minha morada.

Senhores inspetores, envio esses dados para vosso conhecimento da minha situação actual. Com toda a dignidade, venho pedir gentilmente que algo façam pelo meu processo. Ter residência em Portugal não é questão de luxo, mas sim de necessidades.
Acredito que com o vosso potencial, e tendo por ultima instância o vosso auxilio, peço encarecidamente uma melhor atenção frente ao exposto.

Agradeço toda a atenção dispensada, e permaneço a disposição para leitura e compreensão dessa carta.

Sem mais assunto,
Obrigada.

Melhores cumprimentos.


Esta reclamação tem um anexo privado
Victoria Seniv está a aguardar resposta da marca

Comentários (0)