Segurança Social

Ranking na categoria

Categoria
Serviços Sociais e de Previdência

Sobre

Canal não oficial da Segurança Social.
Para um contacto direto use o portal Segurança Social Direta


Telefone: 300 502 502

Morada
Rua Rosa Araújo, 43
1250-194 Lisboa

Website
https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/

Recomenda esta marca?

315
489

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

Segurança Social - Pedido subsidio desemprego

Resolvida
22934918
252
0 gostos
carla gonçalves apresentou a reclamação


Tive uma empresa (loja de artigos de criança), durante mais de 3 anos e ainda que fosse trabalhadora independente, fiz sempre os devidos descontos para a segurança social. Mesmo quando me foi diagnosticado cancro da mama em Junho de 2016 tentei manter a loja em funcionamento, mas infelizmente e, dado a agressividade da doença não consegui manter a loja aberta ao público, razão pela qual me foi atribuído subsídio de doença e o Atestado Médico de Incapacidade Multiuso com um grau de incapacidade de 60%, fui obrigada a fechar a loja, e inevitavelmente, devido à inexistência de faturação fui obrigada a encerrar a empresa no final de fevereiro de 2018.
Como já foi dito, no dia 05/03/2018 dei entrada na Segurança Social de Barcelos do pedido de subsídio de desemprego. No dia 22 de Março de 2018 recebi uma notificação da Segurança Social com a data de 16/03/2018, mas como foi enviada em CTT normal sem registo só me foi entregue no dia 22/03/2018. Nessa notificação me era dado a conhecer que o processo seria indeferido caso não enviasse os documentos pedidos no prazo de 5 dias úteis, os quais entreguei na segurança social de Barcelos no dia 29/03/2018.
A partir daí, fiquei a aguardar uma resposta e decisão da vossa parte. Desloquei-me duas vezes à Segurança Social de Barcelos e uma outra vez à loja do cidadão de Braga, onde pedi esclarecimentos sobre o processo, ao que me sempre disseram que estava em análise. Reclamei também a ausência de resposta na plataforma Segurança Social Direta, e continuei a espera de uma resposta conclusiva do processo até hoje…
Peço desesperadamente uma resposta pois tentei aguentar financeiramente ao máximo, mas de momento é me completamente impossível continuar a pagar os meus tratamentos e deslocações para a fisioterapia e consultas e exames de vigilância.
Já passaram mais de 6 meses e estou sem trabalhar e sem receber o subsídio a que tenho direito, continuando a recuperar de um cancro da mama e com 2 filhas de 3 e 8 anos para alimentar.
Esperando uma rápida resolução do assunto, sem outro assunto de momento,

Carla Gonçalves


Esta reclamação tem um anexo privado
05 Nov2018
carla gonçalves alterou o estado para Resolvida
Esta reclamação foi considerada como resolvida

Comentários (0)