ERA Imobiliária

ERA Portugal

Ranking na categoria

Categoria
Mediação Imobiliária - Redes

Telefone: 213 600 150

Morada
Rua Fradesso da Silveira, Nº4 - 3ºA
1300-609 LISBOA

E-mail
info@era.pt

Website
http://www.era.pt

Recomenda esta marca?

13
16

Partilhar esta página

ERA Imobiliária - Mau serviço prestado

Aguarda resposta
27407219
696
0 gostos
Rita apresentou a reclamação

Venho por este meio dar a saber de uma situação passada na agência ERA Arcos de Valdevez.
Eu e o meu companheiro tínhamos bastante interesse num imóvel que estava anunciado na ERA Arcos de Valdevez. Após demonstrarmos o nosso interesse, foi agendada uma visita ao imóvel no passado dia 6 de Abril. Na segunda-feira seguinte (8 Abril), encontramono-nos com a comercial Michelle Palermo onde questionamos o que era necessário para procedermos a uma proposta de compra. Foi agendada uma reunião para as 11h da manhã seguinte (9 Abril) onde levamos todos os documentos necessários, inclusivé um cheque de 2500€ para a reserva do imóvel. Nesse mesmo dia foi-me comunicado que havia sido feita uma proposta aos proprietários do imóvel que estavamos interessados, nunca nos sendo referido que o mesmo imóvel já estaria reservado, ao que fizemos a nossa proposta dizendo que pagaríamos o valor que os proprietários pediam, mas teria que ser explicado aos mesmos que necessitávamos de 1 semana para saber a resposta de aprovação ou não do crédito habitação. Pedi à comercial a caderneta predial e a certidão permanente do imóvel para que pudéssemos avançar com o pedido de crédito no banco, documentos estes que nunca nos foram facultados. Foi assinada neste dia, uma proposta no valor de 145000€.
No dia 10 de Abril, foi marcada uma reunião com a comercial Michelle Palermo às 19.30, tendo-me dirigido à ERA Arcos de Valdevez a essa hora e encontardo a loja fechada.
No dia 11 de Abril, tivemos uma reunião com o sr. Luís Pinheiro pelas 14h onde nos foi dito que o imóvel já estaria reservado e que estariam à espera da resposta dos proprietários se aceitariam ou não a outra proposta. Reforçamos que nunca nos foi dito que o imóvel já estaria reservado e questionamos, novamente, o sr Luis se havia feito a nossa proposta devidamente esclarecida aos proprietários ao que nos foi garantido que sim. No final desse mesmo dia, recebemos uma chamada do Sr. Luís Pinheiro a dizer que o imóvel teria sido vendido, pois a outra proposta havia sido aceite.
Voltamos a questionar se a nossa proposta foi devidamente feita e esclarecida aos proprietários ao que nos foi novamente garantido que sim, alegando que os proprietários teriam pressa em vender o imóvel para voltarem para o seu país de origem (Inglaterra) e não estando dispostos a esperar 1 semana pela resposta do crédito habitação.
No dia 12 de Abril, foi convocada uma reunião para as 15h com o sr. Luis, não tendo este aparecido à reunião, ficando assim a mesma sem efeito.
Não estando contentes com o desenvolvimento de toda a situação, dirigimo-nos no dia 13 de Abril no final do dia, ao imóvel que estávamos interessados para conversarmos com os proprietários. Questionamos os mesmos se tinham recebido a nossa proposta por parte da ERA ao que nos foi prontamente respondido que não. Os proprietários estavam bastante descontentes com a atitude do Sr. Luis. Referiram-nos que no dia 9 de Abril, encontraram-se com o sr. Luis da parte da tarde, tendo perguntado explicitamente se nós havíamos feito alguma proposta ao que lhes foi dito que não apesar de a termos feito precisamente na manhã desse mesmo dia. Foi-os relatado pelos proprietários, que haviam tido uma proposta de compra pela parte da comercial Michelle Palermo a título pessoal e que perguntaram diversas vezes à ERA Arcos de Valdevez se haviam mais propostas e foi-lhes sempre dito que não. Receberam a visita de outro casal interessado no imóvel na sua propriedade e ficaram a saber que havia outra proposta por pare deles que nunca tinha sido comunicada pelo sr. Luis. O sr. Adrian, proprietário do imóvel, entrou em contacto com o Sr. Luis pedindo esclarecimentos sobre a situação. O mesmo disse que a proposta da sra. Michelle Palermo foi feita e que depois haviam 2 intenções de compra: uma do casal que falou diretamente com os proprietários (proposta de 135000€) e outra que seria a nossa alegando sempre que não saberia se conseguiríamos angariar os 145000€, quando foi pedido ao sr. Luís para explicar claramente que apenas precisaríamos de 1 semana para sabermos a resposta de aprovação do banco, coisa que nunca foi feita.
Após o sucedido, entramos em contacto com o Sr. Luis Pinheiro na noite do dia 13 de Abril questionando-o porque nunca fez a nossa proposta. Este alegou que o proprietário não foi honesto com a ERA Arcos de Valdevez e dizendo que o mesmo não queria nenhuma proposta que envolvesse crédito bancário, algo que foi completamente desmentido pelo Sr. Adrian (proprietário do imóvel), pois para eles teria sido muito mais vantajosa a nossa proposta.
Mais referimos, que este caso será levado para resolução nos sítios apropriados para o efeito por ter causado transtorno a todos os envolvidos tanto a nível monetário como a nível psicológico.
Agradecemos que toda esta situação seja analisada pois o bom nome da ERA Portugal está bastante em causa.

Cumprimentos,
Rita Ribeiro
Rita está a aguardar resposta da marca

Comentários (2)

'.Ver perfil de Elaine Cristina Caetano.'

Elaine Cristina Caetano

enfim treta em cima de treta

'.Ver perfil de Nuno Freitas.'

Nuno Freitas

Fujam destas agencias, so visam o lucro, são Robots