Performance da Marca
9.3
/100
Insatisfatório
Insatisfatório
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
10,5%
Tempo Médio de Resposta
1,9%
Taxa de Solução
10,7%
Média das Avaliações
14,9%
Taxa de Retenção de Clientes
3,8%
Ranking na categoria
1 EDP Comercial 87.3
2 Goldenergy 85.3
3 Galp 82.5
...
Iberdrola9.3
Participações, SGPS S.A
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Iberdrola - Consumos estimados elevados

Aguarda resposta
Bruno Valério
Bruno Valério apresentou a reclamação
26 de janeiro 2023
Boa noite,
Venho por este meio apresentar reclamação naquilo que considero como posição dominante da Iberdrola perante mimcomo consumidor, acerca do Contrato de Eletricidade estabelecido entre as partes acima referenciadas.
Em relação ao Contrato referido anteriormente, tenho vindo a detetar que as vossas facturas têm valores de consumos estimados mensais que pressupõem um consumo real completamente desajustado à realidade que o vosso contador apresenta.
Ao deparar com a factura de Dezembro de 2022, decidi fornecer à Iberdrola, de acordo com o solicitado por vós nas facturas, a leitura real do meu contador. Esta leitura foi efetuada no dia 09/01/2023 à noite, sendo que esta mesma contagem foi reportada na plataforma digital com um valor real de 60608, contrapondo com o vosso consumo estimado anterior de 60827 a 15/12/2022.
Ao reportar a leitura real no dia 09/01/2023, fiquei convicto que essa mesma leitura real estabeleceria uma “baseline”, quer para o ressarcimento dos valores já facturados e não consumidos quer para futuros consumos estimados.
De facto, e para meu enorme espanto, a factura emitida a 23/01/2023, não reflete o esperado por mim, como consumidor, apresentando sim uns cálculos inexplicáveis onde o consumo estimado entre o dia da minha contagem real, 09/01/2023, e o dia 15/02/2023 é de “somente” 692kWh, valor este que nunca me foi imputado em qualquer mês anterior, quanto mais em 6 dias de consumo estimado.
Ora, todos estes cálculos completamente opacos e sem qualquer base sustentada, quer no meu histórico mensal de consumos estimados quer nos consumos reais, deixam transparecer uma falta de ética e transparência, valores estes que a Iberdrola preconiza como os seus estandartes.
Assim, e perante a factura FT 23201/0198228, decidi ligar diretamente para o número de Apoio ao Cliente, 800 606 060, esperando obter uma resposta honesta, transparente e cabal em relação à inexplicação da factura referida neste parágrafo.
A chamada foi efetuada no dia 25/01/2023 pelas 14h35m, sendo que o colaborador que me atendeu a chamada identificou-se como Filipe Braga.
Após expor a situação de não entender onde a Iberdrola teria chegado a um valor consumo estimado em 6 dias no valor de 692kWh, a resposta foi surpreendente e ainda menos transparente que a factura.
Segundo o vosso colaborador o consumo estimado de 09/01/2023 a 15/01/2023 foi calculado tendo em conta o consumo médio do mercado, não tendo por base nem o meu histórico de consumos estimados mensais nem tão pouco pela leitura do contador fornecida por mim no dia 09/01/2023. Apesar das minhas várias tentativas de obtenção de resposta transparente o vosso colaborador manteve o discurso, talvez já seguindo um fluxograma de resposta pré-validado pela vossa Instituição.
Eu, como consumidor e como cliente da Iberdrola fiquei completamente estarrecido com as “explicações” completamente opacas, não transparentes, ficando sem explicação para o inexplicável.
Assim sendo, questiono a Iberdrola:
1) Como é efetuado o cálculo dos consumos estimados mensais?
2) Como é possível refletir as contagens reais do contador quer para as facturas quer para o histórico de consumos estimados?
3) Será possível estabelecer uma baseline com a contagem real, e com base nessa mesma contagem estimar consumos futuros?
4) Existe alguma explicação transparente e ética ao facto de imputarem em 6 dias de consumo estimado um valor de 692kWh, sendo que este mesmo valor nunca foi aplicado em meses de facturas passadas baseadas em consumos estimados?
Mais estranho se torna a posição da Iberdrola que, aquando de reclamação no site, envia automaticamente um mail a solicitar que seja enviado novo mail para outro mail institucional, ou seja, o consumidor terá de enviar reclamação para o mail comercial@iberdrolaclientes.pt em detrimento do mail comercial@iberdrola.pt. Com esta resposta o Consumidor deixa de ter acesso à reclamação efetuada no site, correspondendo, a meu ver, mais uma “artimanha” de cansar o consumidor para que o mesmo desista de reclamar.
Por conseguinte, e pelos pontos anteriormente referidos gostaria de obter uma posição oficial e transparente por parte da Vossa Instituição, que tanto preconiza os valores de qualidade, ética e transparência perante a Sociedade e os Consumidores.
Gostaria de realçar que ao dia 25/01/2023 às 22h30 o meu contador apresenta um valor de 60732 muito longe da contagem estimada de consumos a dia 15/01/2023 efetuada por vós, no valor de 61300.
Pelo exposto, solicito o mais rápido possível o ressarcimento dos valores erradamente pagos por mim, reservando-me no direito de prosseguir outras vias legais para o cumprimento do Contrato, para a possível rescisão do mesmo, e para a minha defesa como Consumidor.
Ficarei a aguardar resposta rápida, oficial, cabal e transparente da Iberdrola.
Data de ocorrência: 26 de janeiro 2023
Bruno Valério
Bruno Valério está a aguardar resposta da marca
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.