Kicks

Nice Kicks, Lda

Agosto de 2019
Melhor Índice de
Satisfação
Atribuído pelos
consumidores

Categoria
Sapatarias

Telefone: 229016000

Morada
Rua Manuel Ferreira de Andrade, N 7, 7 Dt
1500-417 Lisboa

E-mail
info@kicks.pt

Website
https://www.kicks.pt

Recomenda esta marca?

0
0
Partilhar esta página

Kicks
Kicks respondeu à reclamação de Hugo Albuquerque
há 1 mês
Em tratamento
Nova resposta
Kicks

Kicks - Tenis Nike react element 87

Estimado cliente.

Os nossos melhores cumprimentos.

Acusamos a recepção da sua comunicação, que mereceu a nossa melhor atenção.

Por conseguinte, cumpre-nos informar o seguinte:

Segundo os factos relatados, estaremos perante um contrato de compra e venda de umas sapatilhas Nike react Element 87, com referência AQ1090-200, celebrado entre um Consumidor (o Exmo. Sr. Hugo Albuquerque) e um profissional (a Respondente) sujeito ao regime do Decreto-Lei n.º 67/2003, de 8 de Abril, relativo à compra e venda de bens de consumo e às garantias a ela associadas.

Nos termos do artigo 2.º n.º 1 do referido diploma, o vendedor “tem o dever de entregar ao consumidor bens que sejam conformes com o contrato de compra e venda”.

De acordo com artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 67/2003, o vendedor responde perante o consumidor por qualquer falta de conformidade que exista no momento em que o bem lhe é entregue, sendo que as faltas de conformidade que se manifestem num prazo de dois a contar da data de entrega de coisa móvel se presumem existentes já nessa data, salvo quando tal for incompatível com a natureza da coisa ou com as características da falta de conformidade.

No caso em análise, conforme é do conhecimento do Consumidor, resulta da Avaliação efectuada pelos técnicos da KICKS que não se vislumbra a existência de qualquer defeito de fabrico nas sapatilhas em causa.

Assim sendo, torna-se evidente que a alegada falta de conformidade invocada pelo Consumidor não existe e, por maioria de razão, não existia sequer no momento da compra e venda.

Por conseguinte, não estamos perante uma venda de coisa desconforme.

É assim, ilidida, nos termos do artigo 350.º n.º 2 do Código Civil, a presunção supra referida.

Como corolário do exposto, naturalmente que nenhuma responsabilidade se pode assacar à vendedora, ora Respondente, o que desde já se invoca para todos os efeitos legais.

Estamos naturalmente à disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Carregar mais

Desempenho últimos 12 meses

0.0%
Taxa de Solução
100.0%
Taxa de Resposta