Pingo Doce

Ranking na categoria

Categoria
Hiper e Supermercados

Telefone: 808 20 45 45

Morada
Rua Actor António Silva, nº 7
1600-404 Lisboa

E-mail
cliente@pingodoce.pt

Website
http://www.pingodoce.pt

Recomenda esta marca?

359
215

Partilhar esta página

Pingo Doce - Reclamação - violação dos direitos do consumidor

Resolvida
37947120
259
0 gostos
Adelina M apresentou a reclamação

Venho por este meio expôr a seguinte situação que a meu ver, e dada a conjuntura caótica que estamos todos a viver, há sempre alguém que se aproveita disso.
Ontem (dia 28-03-2020) dirigi-me à loja Pingo Doce (Olivais II), cujos dados menciono abaixo, a fim de fazer compras de bens de 1ª necessidade.
PINGO DOCE Olivais - Av. Infante D. Henrique
Av. Infante D. Henrique, Lote 1 e 2 - 1900 - 278 Lisboa, Olivais • NIF: 500829993
No entanto enganei-me e trouxe uma embalagem de detergente de lavar roupa (à mão) da marca Utra. A compra ocorreu às 12:59h deste dia.
Quando cheguei a casa verifiquei que não era este o produto que eu queria, porque o que precisava era de detergente para lavar a roupa (à máquina).
Por volta das 15h do mesmo dia, pois foi só o tempo de almoçar, voltei à loja a solicitar troca directa, ou seja eu queria trocar pelo produto correcto até porque precisava dele.
Expus a situação à gerente de loja que me recusou a troca alegando a conjuntura do COVID-19, quando a própria, assim como as restantes funcionárias de caixa não apresentavam quaisquer mecanismos de protecção - nem luvas nem máscaras.
Não satisfeita com a justificação, até porque não existia qualquer aviso visível na loja sobre o tema das trocas ou devoluções no contexto do COVID-19, resolvi apresentar reclamação por escrito no livro amarelo, cujo nº de registo é 22593221. Verifiquei também o site do Pingo Doce onde a única informação existente nas FAQs sobre a troca / devolução de produtos é a que consta abaixo:
Posso devolver um produto?
Pode. No entanto, as devoluções só podem ser feitas na loja, com a factura da compra e a entrega do artigo nas condições em que foi adquirido, num prazo máximo de 15 dias após a compra (artigos têxtil e calçado prazo de 30 dias). A devolução deverá ser efetuada ao preço da venda original. Não fazemos trocas ou devoluções de medicamentos não sujeitos a receita médica e artigos assinalados em loja (como por exemplo lingerie, máquinas de barbear, depiladoras, etc.).
30 Mar2020
Pingo Doce adicionou uma resposta

Estimado(a) Cliente Sr.(a)Adelina S B M,

Informamos que estamos a desenvolver todos os esforços para apresentar uma resposta à situação reportada o mais brevemente possível.

Esperamos continuar a merecer a sua confiança e preferência e estamos ao seu dispor para qualquer esclarecimento através da nossa Linha Cliente 808 20 45 45 ou 212 410 874, disponível 24 horas.

Apresentamos os nossos melhores cumprimentos.

Rita Rosário
Serviço de Apoio ao Cliente Pingo Doce

31 Mar2020
Pingo Doce alterou o estado para Resolvida
31 Mar2020
Adelina M adicionou uma resposta

Porque o meu problema não foi resolvido.

31 Mar2020
Adelina M reabriu a reclamação
31 Mar2020
Adelina M adicionou uma resposta

Então qual a razão para aceitarem troca de electrodomésticos e produtos não?
Acho que os riscos são os mesmos.

03 Abr2020
Pingo Doce adicionou uma resposta

A situação apresentada encontra-se esclarecida junto do(a) Cliente. O Pingo Doce agradece a preferência.

03 Abr2020
Pingo Doce alterou o estado para Resolvida
Esta reclamação foi considerada como resolvida pela marca, e pode ser reaberta pelo utilizador

Comentários (3)

'.Ver perfil de José Carlos.'

José Carlos

A quase totalidade dos hipermercados está a suspender as trocas e avisaram desse facto. Já agora , nada na lei os obriga a proceder à troca (só em caso de estar com algum tipo de problema). Fazem isso , por mera cortesia comercial e têm toda a legitimidade de proceder desta forma perante a conjuntura atual. Quanto á proteção , a senhora anda um pouco distraída relativamente às indicações dadas pela DGS , relativamente ao uso de máscaras e Luvas . A sua utilização pode dar uma falsa sensação de segurança. Não se preocupe que os profissionais deste e de outros hipermercados estão a lavar frequentemente as mãos com uma solução á base de álcool, manter a distância de segurança e cumprir as regras de etiqueta respiratória , ao contrário de muitos clínica

'.Ver perfil de José Carlos.'

José Carlos

*clientes. Não existe aqui nenhuma violação dos direitos do consumidor..

'.Ver perfil de José Carlos.'

José Carlos

Eles trocam os eletrodomésticos porque são obrigados por lei, caso tenha algum problema. Não se enquadra no seu caso.