ANTRAL

Ranking na categoria

Categoria
Táxi e Veículos Ligeiros

Telefone: 21 844 40 50

Morada
Av. Eng Arantes e Oliveira, N 15
1900-221 Lisboa

E-mail
antral@antral.pt

Website
http://www.antral.pt

Recomenda esta marca?

8
19

Partilhar esta página

ANTRAL - Condução perigosa de condutor de táxi

Em tratamento
32357419
101
0 gostos
Ricardo Oliveira apresentou a reclamação

Hoje um taxista teve um comportamento extremamente agressivo, violento e perigoso para comigo.

Ao fazer a rotunda de Moscavide, passa à minha frente sem fazer sinalização luminosa e não cumprindo as regras de circulação em rotundas. Eu estava de moto com um amigo e pergunto-lhe 'e pisca, não se faz?'. O taxista baixa o vidro do lugar do passageiro e arrogantemente pergunta se tenho carta de moto, ao que lhe respondo que não é preciso para uma scooter 125 e que ele é que não sabe conduzir nas rotundas. Ao ficar verde ele avança agressivamente para a minha frente, tentando-me abalroar com a traseira do veículo e tentando fazer-me cair da moto, forçando-me para a berma da estrada junto ao viaduto da ponte vermelha da Expo.

Eu consegui contornar a situação mas ele insiste e, no semáforo seguinte, ainda sai do carro para nos vir agredir. A situação repete-se de novo noutro semáforo e ele ainda me força a passar um sinal vermelho ao quase abalroar-me a moto. Se não tivesse experiência na condução e domínio sobre a moto, a situação podia ter-se agravado seriamente e, inclusivamente, o meu amigo podia ter caído da moto. O taxista só se vai embora quando grito que vou chamar a polícia e a dizer que ele é um perigo e várias pessoas se começam a juntar à nossa volta.

Foi uma situação assustadora e agressiva e este condutor deveria perder imediatamente a licença ou, pelo menos, ser suspenso de funções. Conduzia a viatura com a matrícula 21-AU-69 e não deveria ser permitido circular na estrada. Não só não cumpre as regras de trânsito como é uma ameaça à segurança rodoviária e pública em geral. Se a profissão de taxista já está descredibilizada, certamente que este tipo de atitudes não a beneficia em nada.
11 Out2019
ANTRAL adicionou uma resposta

Boa tarde,

As associações patronais não têm qualquer poder sancionatório sobre os motoristas de táxi.
A entidade sancionatória é o IMT (Instituto da Mobilidade e dos Transportes), com sede na Avenida das Forças Armadas, 40, 1649-022 Lisboa, ( imt@imt-ip.pt ).
Assim, qualquer reclamação deverá ser feita, junto desta entidade.
Como deve calcular, num universo de mais de 16.000 motoristas de táxi, ocorrem, por vezes, situações passíveis de reclamação, que não podemos deixar de muito lamentar.
Infelizmente, porém, a intervenção das associações limita-se, praticamente, a uma actuação pedagógica que exercemos quer junto dos empregadores quer junto dos motoristas, por forma a prevenir a ocorrência de situações como esta.
Posso garantir que a Antral aproveita todas as oportunidades para sensibilizar os associados e respectivos trabalhadores nesse sentido.
Assim, quer nos cursos de formação para obtenção do certificado profissional de motorista de táxi quer nos cursos para a renovação do mesmo certificado, privilegiamos as componentes de formação sócio-cultural, como a comunicação e as relações interpessoais, visando o desenvolvimento pessoal, profissional e social.
Por outro lado, aproveitamos as inúmeras reuniões que efectuamos a nível distrital, concelhio ou outra, para prosseguir esta campanha de sensibilização do sector.
Nestas circunstâncias, lamentando, profundamente, o ocorrido,reitero o conselho para se dirigir ao IMT.
Apresento os melhores cumprimentos,
José Domingos
Director

ANTRAL está a aguardar resposta do utilizador

Comentários (0)