Atlantic Ferries

Atlantic Ferries

Atlantic Ferries - Tráfego Local, Fluvial e Marítimo, S.A.
Ranking na categoria
Partilhar esta página

Atlantic Ferries - Falta de segurança no cais Troia e empregada mal educada

Em tratamento
80740222
160
Ana Margarida apresentou a reclamação

Boa noite! Hoje tentei vir no barco Tróia/Setúbal como faço regularmente há 30 anos. Quando cheguei já não iria conseguir apanhar o barco por o cais e o acesso ao mesmo estar cheio e quis desistir. Surpresa das surpresas, fui informada que teria que esperar que o barco de Setúbal chegasse e os carros que estavam à frente entrassem.
Como é possível, num cais como aquele, terem cortado todos os acessos com grades, mantendo só a passagem da via verde. Se for preciso, numa urgência, como é que as pessoas saem dali?
E como se não chegasse, ainda põem no controlo dos bilhetes, pessoas mal educadas, como uma tal de Maria, que só reclamava e tentava bloquear a passagem dos carros quem tinham desistido do barco.
Como é possível pagar-se o balúrdio que se paga para atravessar o rio, ser mal tratada e só poder sair do acesso ao cais quando não há carros ou quando os empregados entendem. Grades há com fartura.
Por questões de segurança é proibido, em todo o lado, não haver saídas de emergência disponíveis. E neste caso não há, o que é gravíssimo!!!
Caso a resposta não seja esclarecedora, irei também fazer reclamação no próprio livro de reclamações, para que se tomem medidas urgentes por quem de direito.
Aguardo explicação. Cumprimentos
07 out 2022
Ana Margarida adicionou uma resposta

Continuo à espera da vossa resposta: explicação e solução. Agradecia resposta

11 out 2022
Atlantic Ferries adicionou uma resposta

Boa tarde,

A resposta foi enviada para o seu endereço de email.

Cumprimentos
Equipa de Apoio ao Cliente

11 out 2022
Ana Margarida adicionou uma resposta

Boa noite, Fico na dúvida se leram a reclamação. Se leram será bom reverem as vossas normas.
“A ATLANTIC FERRIES presta um serviço público de transporte de passageiros, sendo da sua competência assegurar não só o cumprimento de horários como também a normalidade e segurança da operação o que, como compreenderá, não pode ser posto em causa. Nesse sentido, a colaboradora de serviço cumpriu as normas estipuladas pela empresa para assegurar a normalidade do serviço no dia em questão”.
Se não há qualquer segurança deverão revê-las.
Bloquear acessos e proibir passagens de veículos, estando ou não em emergência, não é de todo de quem põe segurança à frente de tudo.
Quanto à vossa colaboradora ter cumprido à risca o que a vossa empresa ensinou, é então lamentável pedirem aos vossos colaboradores que sejam mal-educados e gritem com os clientes.
Cumprimentos

Ana Margarida está a aguardar resolução da marca

Comentários (0)