Ranking na categoria
Partilhar esta página
Esta é a sua empresa? Clique aqui

Budget - Alegados danos novos

Sem resolução
63732021
341
LUIS MORAIS apresentou a reclamação

Aluguei a viatura SEAT IBIZA, matricula AG93DD, do dia 03 até 16 de Agosto 2021 junto ao balcão no Aeroporto de Lisboa. No momento, aderi a um servico extra proposto de 63€ que inclui combustível e Via Verde.
Foi dito no acto da entrega que a viatura apresentava 3 arranhadelas superficiais e que a viatura encontrava-se no estacionamento sito no segundo piso, lugar 73.
Importa referir que, NENHUM AGENTE da AVIS BUDGET disponibilizou-se para subir comigo para fazer a pré-inspecção da viatura e preencher a ficha das arranhadelas existentes que referiram no balcão, conforme é a prática da AVIS em todo mundo, pois sou cliente assiduo através das empresas que presto serviços na qualidade de advogado.
Acontece que, no acto da devolução da viatura, o agente MIGUEL dirigiu-se DIRECTAMENTE à parte trazeira da viatura e mostrou uma ALEGADA ARRANHADELA NOVA (quase invisível a olho nú - 6 cm) e alegou que teria que pagar por tal dano.
Na verdade, e pela minha palavra de honra, não aconteceu nenhum facto que possa ter causado alguma arranhadela, pois, a viatura esteve sempre estacionada em garagens fechadas e privadas. O que é inconcebível, é a atitude bruta dos agentes da AVIS e abuso de confiança em querer debitar directamente da conta do cliente 357.53€, imputando-o a responsabilidade de um ALEGADO dano causado por si, claramente, já existende - o que revela o modus operandi desta empresa em querer defraudar valores dos seus clientes (por débito directo ao cartão visa), abusando da confiança depositada em si.
Comprova ainda o modus operandi, o facto que, a resposta na ponta da língua do agente da entrega no estacionamento e dos agentes no balcão é a mesma: "O VALOR VAI SER DEBITADO, DEPOIS ESTA LIVRE DE RECLAMAR...".
Outrossim, tal factura final é irregular, pois, além dos alegados danos (o que é mentira - burla - modus operandi - premeditação), são cobrados 2 vezes taxas de combustível, que eu paguei previamente 63€ para tal e ainda entreguei o tanque com metade de capacidade, enquanto foi dito que não era preciso no acto da entrega, e ainda taxas por inactividade e outras não claras.
Foi preenchido o devido Livro de Reclamações e aguarda-se resposta formal.

Esta reclamação tem um anexo privado
15 set 2021
LUIS MORAIS adicionou uma resposta

Além de não se terem dignado a responder por esta via, voltaram a debitar indevidamente do meu cartão de débito um valor aproximado a 90€ sem nenhuma explicação no dia 13 de Setembro de 2021, quase um mês depois do primeiro débito indevido efectuado no dia 19 de Agosto de 2021.

30 set 2021
LUIS MORAIS adicionou uma resposta

... e nem se dignam a responder...

30 out 2021
LUIS MORAIS adicionou uma resposta

Aunda aguardo o reembolso do valor ilegalmente debitado.

11 dez 2021
A reclamação foi considerada "Sem Resolução" por falta de atividade
14 dez 2021
LUIS MORAIS avaliou a marca

1/10

Não

Voltaria a fazer negócio?

PELA EXPERIÊNCIA QUE TIVE E VISTO DEZENAS DE RECLAMAÇÕES COM O MESMO TEOR, FACILMENTE SE CONCLUI QUE A AVIS-BUDGET É UMA MARCA DESONESTA, COM PÉSSIMO SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE E QUE, USANDO MÉTODOS DE ÍNDOLE CRIMINAL, FURTAM VALORES DOS SEUS CLIENTES ATRAVES DE OPERAÇÕES BANCÁRIAS NÃO AUTORIZADAS.

VISTO QUE OPERAM NO AEROPORTO INTERNACIONAL DE LISBOA E QUE MUITAS RECLAMAÇÕES SÃO DE VISITANTES AO PAÍS, É UMA VERGONHA NACIONAL!

Esta reclamação foi considerada sem resolução

Comentários (0)