MGEN Saúde

EUROPAMUT S.A.

MGEN Saúde

MGEN Saúde

Categoria
Seguros de Saúde

Telefone: 213 889 375

Morada
Rua Castilho 39, 12º A
1250-068 Lisboa

E-mail
saude@mgen.pt

Website
http://www.mgen.pt/

Recomenda esta marca?

1
2

Partilhar esta página

MGEN Saúde - Pagamento de tratamento

Em tratamento
27234619
778
0 gostos
marcia figueiredo apresentou a reclamação

No passado mês de fevereiro, após prescrição médica, fui fazer um tratamento designado por pressoterapia por insuficiência venosa nos membros inferiores.
Não existe este tratamento em meio hospitalar. O mesmo é aceite como despesa a apresentar no IRS pelo SNS quando prescrito pelo médico, e em caso de operação aos membros inferiores, dentro da patologia insuficiência venosa.
Apresentei todos os documentos solicitados: despesa, prescrição médica e eco doppler venoso dos membros inferiores com relatório que juntei.
De acrescentar que sobre este assunto já gastei mais de 45 minutos ao telefone.

Foi me recusado, no entanto, o contrato prevê:

ARTIGO 2.o - Cobertura de Assistência Ambulatória

1. A presente Condição Especial garante, nos termos e limites fixados nas Condições Particulares, o pagamento das despesas abaixo indicadas, que não requeiram os meios e serviços específicos de ambiente hospitalar, mesmo que nele sejam realizados, nomeadamente:
b) Tratamentos realizados quando prescritos pelo médico;

Este tratamento não existe em meio hospitalar, só no privado.

O tratamento foi prescrito, é aceite como despesa no IRS para a saúde, está fundamentado com o relatório do ecodopler e reconhecido o problema de saúde.

Da última vez que telefonei (05/04/2019) a razão do não pagamento é que a equipa médica da Mgen não reconhece este tratamento como indicado para o tratamento da insuficiência venosa. De lamentar: o SNS reconhece e o médico que o prescreveu.

Vou apresentar uma despesa de 70€ de umas meias de compressão, pela mesma insuficiência venosa, com receita médica. Também não pagam? Porque a equipa médica acha eu não é adequado? Quando for ao IRV fazer esclerose e tratamento laser aos derrames pretendem não pagar porquê? Insuficiência venosa não é doença? Então não vale a pena ir ao médico, perguntamos diretamente à equipa médica da Mgen o que querem pagar e fica dependente de como acordarem nesse dia.

O SNS é o que se sabe, faz se o esforço de pagar um seguro de saúde, qual é o resultado? 2,5 meses à espera para contradizerem declarações médicas e exames efetuados em meio hospitalar que provam a doença.

Ganhem vergonha e não brinquem com a saúde das pessoas e o tempo.

Péssimo serviço, a ponderar mudar.

 

08 Abr2019
MGEN Saúde adicionou uma resposta

Exma. Senhora,

Vimos pelo presente, informar que as reclamações dirigidas à MGEN devem ser endereçadas pelos seguintes meios:

Endereço electrónico: reclamacoes@mgen.pt
Correio: Rua Castilho, n.º 39, 12.º H, 1250-068 Lisboa

Com os melhores cumprimentos,
Departamento de Reclamações da MGEN

09 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Agradeço a resposta, no entanto eu reclamo onde quiser.

Não me esclareceram e o valor da despesas ainda não está na minha conta.

Envio em anexo prescrição médica e comprovativo do valor a receber.

Agradeço que não "enrolem" MAIS, POIS TENHO DE TRABALHAR PARA PAGAR O SEGURO e não posso andar a gastar mais tempo convosco.


09 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Só acrescento que no dia 05/04/2019 enviei um email para o V/ serviço do cliente sem resposta ao dia de hoje, e ainda estou há 3 semanas à espera que me enviem informação sobre prestadores aqui na zona. Já para não falar do tempo despendido a contactar supostos prestadores que já não o são.

10 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Atualização (para os que, como eu, são "reclamadiços" e frequentam o portal da queixa):

Após reclamação junto da agência de seguros, após a reclamação no portal da queixa, pedem:
- Exame que comprova a patologia ou
- Relatório médico que levou á prescrição do tratamento.

Já enviei prescrição médica e relatório de exame que comprovam a doença na semana passada.
Reencaminhado email comprovativo hoje para a agência de seguros.

A colaboradora da agência vai entrar em contacto com eles.
Vamos ver quanto tempo mais espero.

13 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Atualização:

Resposta da agente de seguros dia 09/04/2019:

Boa tarde,

Após chamada para a linha de reembolsos, passo a informar que no seguimento da informação que lhe foi dirigida, deverá adicionalmente à prescrição médica, enviar relatório de exame médico realizado que comprove a patologia, ou no caso de o diagnóstico não ter sido feito através de exame médico, o envio de um relatório médico que justifique como é que o médico chegou aquele diagnóstico. Com um desses documentos haverá reembolso, documento esse que deverá ser enviado directamente para o mesmo e-mail para onde enviou a prescrição médica.


Email recebido da mesma agente de seguros no dia 11/04/2019

Bom dia D. Márcia,

Ao que me foi transmitido, mediante a análise da documentação por si enviada, nomeadamente prescrição e relatório de exame, ter-lhe-à sido enviado um e-mail a 02/04, cujo reenvio à data de hoje solicitei.
Não sendo médica, nem tendo conhecimentos técnicos sobre o assunto, o que me foi explicado é que não haveria reembolso de acordo com o ponto 11 do artº5 das condições gerais que são do seu conhecimento, e que tomo a liberdade de anexar.
Caso a Sra. consiga contra argumentar a situação com relatório médico, deverá fazê-lo junto da área de reembolsos.

Enviada prova de reconhecimento da ars centro da pressoterapia a 13/04/2019, bem como da CUF pelo facto de ser benéfica em pós operatorio para problemas de circulação, que é o caso.

19 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Atualização:

Recebi dois emails a avisar da falta de pagamento do prémio do seguro.

Paguei na segunda feira 15/04/2019.

Ao dia de hoje e após semanas de reclamações ainda não tenho resposta.

De salientar que foi enviada declaração médica, exame a comprovar as cirurgias que efetuei de retirada das safenas, com problemas de circulação ao nível "profundo" dos membros inferiores com as complicações que desta situação advéem: derrames. Uma vez que a pressoterapia ajuda na reposição da circulação, e neste momento não beneficio deste tratamento poqreu aguardo reembolso para poder continuar o tratamento, não venham depois argumentar que não me cuidei e que não pagam a esclerose/tratamentoa a definir no IRV após os 365 dias de carência como está definido. Neste momento sinto me enganada, pois já tentaram por tantas vezes "safar-se" do pagamento, com alineas e artigos, que pondero recorrer à instancias superiores, uma vez que é da Vossa inteira responsabilidade a privação que neste momento estou a passar ao aguardar uma resposta lógica da Vossa parte.

Recebi hoje um email a dizer:

Exmo(a). Senhor(a)
Informamos que apesar de todas as diligências que temos vindo a tomar ainda não nos foi possível responder-lhe em conformidade.
Contamos fazê-lo tão breve quanto possível.
Apresentamos os melhores cumprimentos
Mutuelle Générale Éducation Nationale


Relativamente às diligências, não sei do que se trata, pois a mim não me contactaram a solicitar o que quer que fosse. Depreendo que os V/ médicos/analistas estão a encontrar dificuldades para justificar o injustificável e o rolo que aqui criaram com contradições entre agentes de seguros e seguradora e advancecare.


Neste momento, acho que já mereço uma indemnização.

Se são certificados pelas normas da Qualidade, é urgente melhorarem.
Aproveitem as reclamações dos clientes.

23 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Atualização: Não há notícias destes senhores.

Telefonei hoje, e continuam a analisar.

Analisem bem.


Muito obrigada, excelente serviço.

29 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Não tendo ainda resposta, mas tendo o contato do provedor do cliente a dizer que ainda estava dentro do prazo para fazer as tais diligências necessárias (25/04/2019), tive de ir fazer novo tratamento.
Despesa feita, despesa enviada, cumprido o protocolo, encontro me a aguardar pacientemente.

Processo com um mês.

Envio o processo também, pelo portal da queixa.


Esta resposta tem um anexo privado
30 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

Atualização:
Após contacto do provedor do cliente, que me informou estar dentro do prazo para dar uma resposta (25/04/2019), contactei a Mgen ontem (29/04/2019). A menina informou me que não há prazo nenhum para responder.


Obrigada.

30 Abr2019
marcia figueiredo adicionou uma resposta

EM "Saldo Positivo", 16 de agosto de 2016 (quase 3 anos):

Cumprir a diretiva europeia
A existência de um provedor faz parte dos relatórios de boas práticas e sustentabilidade de diversas empresa, mas a criação deste órgão – que não existe ainda em todas empresas de grande dimensão e elevado número de clientes em Portugal – surge também por força da transposição (há um ano) da diretiva europeia sobre “Meios Alternativos de Resolução de Litígios” (2013/11/EU).
Esta diretiva estabelece que todas as “empresas comerciais constituam este órgão unipessoal e independente da hierarquia da empresa”. O mercado está ainda a adaptar-se às recentes diretrizes. Por exemplo, uma das provedorias setoriais existentes há um ano era o Centro de Informação, Mediação, Provedoria e Arbitragem de Seguros – onde existia não um provedor mas uma provedoria constituída por juristas que funcionava como serviço de provedoria de 55 seguradoras a operar no mercado nacional. Este centro cessou funções e cada seguradora deverá ter o seu provedor. Algumas já utilizam este modelo.
O provedor de cliente tem um mandato de tempo variável mas a diretiva estabelece que deve ser um “mandato de duração suficiente” a fim de assegurar a independência da sua ação. Além disso, diz a mesma diretiva, “essas pessoas não deverão receber instruções das partes” e “devem resolver qualquer litígio no prazo de 90 dias”.

90 dias ainda, tenho alguns para esperar.

marcia figueiredo está a aguardar resolução da marca

Comentários (0)