Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
Santa Casa da Misericórdia de Lisboa
Performance da Marca
Índice de Satisfação nos últimos 12 meses.
Taxa de Resposta
55,6%
Tempo Médio de Resposta
20%
Taxa de Solução
22,2%
Média das Avaliações
19,2%
Taxa de Retenção de Clientes
50%
Ranking na categoria
Associações e Instituições Privadas
3 ISQ 89.9
...
Santa Casa da Misericórdia de Lisboa27.5
Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa - Rotura de cano de água por arranjar

Resolvida
1/10
DSES
DSES apresentou a reclamação
7 de abril 2024
No dia 8/03/2024, após 3 meses à espera de uma resposta por parte do IHRU, fui contactada para agendar visita ao imóvel que me teria sido atribuído, pelo concurso Arrendamento acessível.
Aquando a visita, foram detectadas várias inconformidades com o imóvel, da propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, sendo que a mais grave e com urgência de resolução, trata-se da rotura de um cano de água. A Sra D Maria Ludovina Cruz, colaboradora do IHRU, tomando nota dos problemas do imóvel, garantiu-me que iriam ser resolvidos. Estou a habitar no imóvel há 17 dias sem água canalizada, visto haver uma grave rotura do cano da água na cozinha, que obriga a que a torneira de segurança esteja fechada, para impedir que a água continue a espalhar-se pelos pavimentos e paredes da cozinha, do quarto, corredor, etc. No dia 19/03/2024, enviei email tanto para o IHRU, como para a Santa Casa da Misericórdia., com várias imagens anexadas, comprovativas dos problwmas. No dia 22/03/2024, o Sr. Eng Ricardo Barbas, colaborafor da Santa Casa, visitou o imóvel para verificação. Passada 1 semana, voltei a contactar o Sr Eng que não soube indicar o ponto da situação. No dia 01/04/2024, volto a enviar email com novas imagens para o IHRU e para a Santa Casa sem qualquer resposta.. Dia 04/04/2024 liguei para a Santa Casa, atendeu-me a Sra D Margarida,, que ficou de me dar o ponto da situação, sem que o fizesse. 17 dias sem que eu e o meu filho consigamos tomar um duche, cozinhar, etc. 17 dias sem.poder dormir no quarto devido à água existente no pavimento e paredes
Data de ocorrência: 8 de março 2024
DSES
DSES avaliou a marca
8 de maio 2024

.

Esta reclamação foi considerada resolvida
Comentários
Esta reclamação ainda não tem qualquer comentário.