TAP

Transportes Aéreos Portugueses, SGPS S.A

Ranking na categoria

Categoria
Companhias Aéreas

Telefone: 707 205 700

Morada
Edificio 25, Aeroporto de Lisboa
1750-364 Lisboa

E-mail
fale.connosco@tap.pt

Website
http://www.flytap.com

Recomenda esta marca?

56
112

Partilhar esta página

Esta é a sua empresa? Clique aqui

TAP - Voos com atraso e cancelados

Aguarda resposta
21117818
229
0 gostos
Maria Teixeira apresentou a reclamação

Exmos Senhores,
Pela presente vimos comunicar o nosso total desagrado pela forma como decorreram as nossas viagens aéreas, cujas reservas estavam confirmadas com a vossa companhia
Segue abaixo o relato dos acontecimentos:
Nomes dos passageiros

AUGUSTO SILVA
MARIA TERESA TEIXEIRA
MAFALDA SILVA
BEATRIZ SILVA
Código de reserva - Q S 2 3 X G

28 JUL - OPO / LIS - TP 1933 - 07h20 / 08h20
28 JUL - LIS / VCE - TP 864 - 09h15 / 13h05

04 AUG – VCE / LIS - TP 863 - 14h00 / 16h10
04 AUG – LIS / OPO - TP 1962- 17h00 / 18h00
Os voos acima mencionados foram marcados por forma a permitir-nos embarcar em Veneza, num cruzeiro da MSC pelo Mediterrânio.
Acontece que, no dia de embarque, o voo Porto / Lisboa atrasou de tal forma, que a ligação Lisboa / Veneza ficou absolutamente comprometida.
O caos instalou-se no aeroporto, já que muitos outros passageiros se encontravam na mesma situação. Tivemos pois que procurar alternativas viáveis para chegarmos a Veneza a tempo de não perder o embarque no cruzeiro, situação que iria comprometer todo o nosso programa de férias.
Apoiados pelo nosso agente de viagens, e depois de inúmeras chamadas efectuadas, fomos reencaminhados para a Ibéria, com uma ligação para Veneza via Madrid.
Contudo, e apesar de termos pago à vossa companhia o suplemento para 4 (quatro) bagagens de porão, a Ibéria obrigou-nos a pagar pelo despacho das malas.
Conseguimos, a muito custo, chegar a Veneza a tempo de embarcar e já com o check-in fechado.
Apesar disso, perdemos o transfere privado que havíamos reservado e pago entre o aeroporto de Veneza e o cais pelo que, mais uma vez, tivemos de pagar o táxi que nos levou até ao navio.
Acreditámos que os nossos percalços tinham terminado por aqui mas estávamos enganados.
No dia do regresso, de novo com a vossa companhia, após cumpridas as formalidades de embarque, entramos no avião sendo que este não descolou na hora prevista.
Depois de estarmos dentro do avião durante 2 horas em condições consideradas desumanas, com cerca de 40 graus de temperatura e sem sabermos exatavamebte o que se estava a passar, após esse tempo disseram-nos que havia uma avaria, pelo que não havia hora prevista para descolagem e mandaram-nos desembarcar para repararem a avaria no gerador. Desesperámos, pois, mais uma vez, ficava comprometida a ligação Lisboa / Porto
A chegada a Lisboa aconteceu por volta das 19h30 ( mais de 3 horas depois do previsto), pelo que apenas conseguimos ter ligação para o Porto às 23h15, ou seja, chegámos ao destino final com um atraso de mais de 6 horas em relação ao previsto.
Todos estes atrasos, além dos constrangimentos que descrevemos, provocaram um stress incomensurável em todos nós, tendo-nos privado da tranquilidade que as férias devem proporcionar.
Assim, exigimos desde já o célere reembolso dos prejuízos contabilizados que abaixo indicamos, bem como dos valores legais a que temos direito, ao abrigo dos Direitos dos Passageiros do Transporte Aéreo.
A este propósito, gostaríamos ainda de acrescentar que, tal como a legislação obriga, nunca nos foi entregue o impresso escrito com as regras em matéria de indemnização e assistência.
Eis as nossas despesas directas e o pedido de ressarcimento.

ü Pagamento de bagagens à Ibéria - no valor de 260 €
ü Pagamento do transporte aeroporto/cais em Veneza no valor de 45 €
ü Ressarcimento por danos psicológicos e outros - Os que legalmente temos direito

Maria Teixeira está a aguardar resposta da marca

Comentários (0)