Ranking na categoria
Partilhar esta página
Sofás Zone
Sofás Zone respondeu à reclamação de Maria Vieira
há 1 dia
Em tratamento
Nova resposta
Sofás Zone

Sofás Zone - Reclamação | sofaszone braga - encomenda incompleta

Exma. Sra Maria João Pereira Vieira,

Apresentamos os N/ Cumprimentos!

Os pontos de venda Sofás Zone e gestão dos mesmos, é feita por diferentes empresas autónomas e de forma independente, tendo apenas a insígnia como elemento de união.

Analisado o exposto nesta plataforma, faremos os possíveis para reencaminhar para o responsável pela gestão dessa loja e obter alguma informação distinta da que podemos visualizar no programa partilhado e que indica a entrega integral da encomenda de V/ Exa. e no dia 03-11-2022.

Apresentamos os nossos cordiais cumprimentos.

Atentamente,
Sofás Zone

Sofás Zone
Sofás Zone respondeu à reclamação de Diana
há 1 semana
Em tratamento
Nova resposta
Sofás Zone - Devolução
Sofás Zone

Sofás Zone - Devolução

Exma. Sra Diana,

Esperamos que se encontre bem!

Recebemos o conteúdo da sua mensagem nesta plataforma e a mesma mereceu a nossa melhor atenção, sendo alvo de resposta mais objectiva, pela outra via seguida por V/Exa.

O exposto por V/ Exa. contém algumas imprecisões e omissões, contudo e como a satisfação do cliente final é o que nos move e a nossa orientação é apenas essa, enaltecemos que o artigo que encomendou e com prazo de entrega para a primeira semana de Dezembro, foi hoje mesmo disponibilizado e recolhido por V/ Exa.
O artigo foi produzido para satisfação da encomenda em causa e não se encontrava armazenado, conforme é aludido.

Atentamente,

Sofászone

Sofás Zone
Sofás Zone respondeu à reclamação de Rita Resende
há 4 meses
Sem resolução
Nova resposta
Sofás Zone

Sofás Zone - Devolução de sofá com defeito

Exmos. Senhores,

Na sequência da publicação divulgada no dia 22-06-2022 pela consumidora Rita Resende, consistente num arrazoado de deturpações, inexactidões e inverdades, cumpre-nos exercer o seguinte direito de resposta:
Contrariamente ao alegado e pretendido pela consumidora, o artigo em causa não padece de qualquer desconformidade, encontrando-se em perfeitas condições de utilização, cumprindo cabalmente o fim a que se destina.
Não obstante a manifesta inexistência de qualquer defeito, e apesar de o actual enquadramento do Decreto-Lei 84/2021, de 18/10, estabelecer uma hierarquia de direitos em caso de não conformidade – que, repita-se, não existe no caso em concreto – que impede o consumidor de exigir a resolução como primeira medida, a verdade é que a N/instituição optou livremente por solicitar a entrega imediata do artigo contra a devolução do preço na medida em que não se revê, de modo algum, na forma de actuação, linguagem e (falta) de urbanidade patenteadas pela consumidora em causa, tendo sido a N/primordial preocupação fazer cessar, de imediato, a relação comercial existente.
A N/instituição actua de forma imaculada no mercado nacional há mais de 20 anos, procurando a cada dia assegurar a satisfação máxima de cada cliente, não tolerando actos ou comportamentos que afectem a sua imagem e dignidade comerciais.
Por tal razão, e face às imputações graves e desonrosas dirigidas à N/instituição por parte da consumidora em questão, as quais se encontram devidamente registadas, informamos que não nos restará outra alternativa que não seja a de recorrer às competentes vias judiciais com vista à integral reposição da verdade dos factos e ressarcimento de todos os prejuízos incorridos.

Atentamente,
Sofás Zone

Carregar mais