Comércio | Lojas Shop

Minipreço - Campanha "Abraça os teus heróis" sem capacidade de resposta


Aguarda resposta
7633217

Sou cliente do minipreço há vários anos sem nunca ter nada a apontar a esta entidade.
No entanto fui enganada e mal tratada enquanto cliente, devido à campanha "Abraça os teus herois", à qual aderi.
Como é de conhecimento geral, a adesão a esta campanha foi massiva, para a qual o minipreço não teve capacidade de resposta, tendo o stock de peluches acabado muito antes do prazo estipulado, para troca das cadernetas por peluches (18 de dezembro). Consegui preencher 3 cadernetas no inicio desse tempo com valor de 150 euros cada uma. A primeira logo de ínicio troquei com facilidade, no entanto as outras duas uma completa no meio de novembro, outra em dezembro, não pude trocar porque estavam esgotados os bonecos. Todas as semanas questionava os funcionários sobre quando viriam os peluches para trocar as cadernetas e me respondiam que ainda não tinham informação.
Dia 23 de Dezembro após sair do trabalho fui como sempre semanalmente ao minipreço fazer compras e mais uma vez perguntei pela previsão de chegada dos peluches, ao que a funcionária me responde que ainda não tinham data mas que tinha de trocar a caderneta por um voucher até aquele dia precisamente! Informação essa que foi dada apenas e exclusivamente nesse dia e em nenhum outro durante todo o tempo que tive de espera para usufruir dum peluche a que tinha direito. Ora como faltavam apenas 10minutos para a loja fechar, expliquei que tinha uma das cadernetas comigo mas a outra estava na carteira do meu marido e não conseguiria chegar à loja nesse espaço de tempo.
No dia seguinte dirigimo-nos à loja logo à abertura para trocarem pelo voucher ao que nos foi comunicado que já não o poderiam fazer e que a solução era ligar para o apoio ao cliente que nos resolveriam a questão.
Liguei para o apoio ao cliente, tendo sido atendida por um colaborador Bruno Silveira o qual demonstrou zero empatia, educação, simpatia ou qualquer intenção de me solucionar a questão, repetindo interruptamente perante todos os meus argumentos:"O prazo era até dia 23, após esse prazo não podemos aceitar a caderneta". E mesmo eu perguntando se a posição oficial da empresa perante mim como cliente, que fui enganada e estou a ser roubada de algo que a empresa se comprometeu perante mim como cliente a oferecer em troca de 150 eur em compras, e que não fui informada atempadamente de que teria de trocar por um voucher para usufruir do que era meu por direito, a resposta do colaborador manteve-se.
 

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.