Empresas e Serviços

CTT - reclamação contra CTT serviço internacional desalfandegamento


Em tratamento
16730818

1. Em 23/8/2017 enviei por correio electrónico todos os elementos solicitados no AVISO PARA DESALFANDEGAMENTO com o local n.º 924976 emitido em 9/8/2017, que foi registado com o ID Ticket 8YV16N (ver cópias dos documentos em anexo).
2. Não tendo obtido qualquer resposta, enviei nova mensagem de correio electrónico em 23/11/2017, novamente com cópias de todos os documentos enviados em 23/8/2017, tendo recebido como resposta no dia 24/11/2017 a informação que o assunto tinha sido encaminhado para o serviço de reclamações para averiguação. No dia 28/11/2017 recebo a informação do serviço de reclamações dos CTT a informar que a minha reclamação ficava registada com o n.º 17I35042 (ver documentos em anexo).
3. Em 22/1/2018 enviei nova mensagem, agora para o serviço de reclamações dos CTT a solicitar uma resposta a uma reclamação que tinha sido colocada já há mais de 2 meses, sem qualquer resultado. A mensagem foi recebida e lida (ver mensagem em anexo).


Esta reclamação tem um anexo privado

Respostas

CTT em 2018-02-15 10:47 Exmo. Senhor
José Santos

Gostaríamos de agradecer o seu contacto, que mereceu a nossa melhor atenção.

Lamentamos, desde já, a situação ocorrida.

Informamos que foi enviada uma carta em resposta ao seu pedido de averiguação no dia 2018-01-23.

Gratos pela sua melhor compreensão, reiteramos o nosso pedido de desculpa e apresentamos-lhe os nossos melhores cumprimentos.

David Alves
José Santos em 2018-02-19 18:04 Lamentável a resposta do Sr David Alves. Passo a explicar:
1º - Não recebi qualquer carta datada de 23/1/2018. Seria bom que averiguassem pois se foi expedida terá sido enviada para outro destinatário (???);
2º - Como que "por coincidência" (???) após a minha reclamação em 13/2/2018 recebi em 15/2/2018 um aviso para levantamento da mercadoria (ver anexo); ao fim de meio ano, temos "coincidências"...
3º - Incrível que se tenha que esperar desde 9/8/2017 até 15/2/2018 para receber uma mercadoria que aguardava desalfandegamento; para além de inqualificável, alguém deveria ser responsabilizado pelo mau serviço ou incompetência.
Por mim, o assunto fica encerrado.
Cumprimentos
Esta resposta tem um anexo privado

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.