Comércio | Lojas Shop

E.Leclerc - Preço inflacionado para tornar desconto apetecível


Obteve resposta
4555516

Ontem, dia 21/06, no hipermercado E-Lerclerc, em Viana do Castelo, dia de futebol em que a loja aplicava um desconto de 50% em talão sobre alguns aperitivos, comprei então 2 unidades de aperitivo - batata de milho amendoim "Curly, Lorenz" (150 gr. cada).
Para o meu espanto, foi-me cobrada a quantia de € 4,69 para cada unidade (150 gr.) num total de € 9,38!!!
Quando o custo real por unidade ronda os € 1,70 em qualquer outro comercio concorrente.
Mesmo depois de devolver os artigos reclamando da barbaridade do preço, não consegui reaver o valor total, pois as regras da loja é não proceder reembolso em dinheiro, somente em vale de desconto.
Claramente uma forma de prender o investimento do cliente à loja!
Uma autêntica fraude, desde o preço super inflacionado antes do desconto, até à retenção do crédito em vale de desconto!
Logo após solicitar o livro de reclamações, foi aceite pela chefia o reembolso em dinheiro, mas só de 1 unidade (€ 4,69), pois a segunda ficaria em talão de desconto para eu não perder os outros descontos, explicaram no balcão...
É VERGONHOSO, esta tática a que a empresa recorre para tentar enganar os clientes, pois o desconto é inexistente!!!
O que este hiper consegue é que se deixe de poder confiar em qualquer campanha de "descontos" que anuncie... com todas as consequências que isso traz a nível de credibilidade junto dos consumidores.


Respostas

em 2016-08-22 19:52 boa tarde,

verificamos esta situação junto da loja, da qual me informou que esse produto se encontrava com esse preço desde Maio 2016, e a promoção em questão é de Junho. Para a devolução dos produtos, faz parte do regulamento interno: quando um Cliente devolve um produto no qual beneficiou de um Desconto em Talão só lhe é devolvido o valor do produto deduzido do desconto obtido.
Para clarificar melhor esta situação, seria de todo o interesse se dirigir à loja em causa e falar com o diretor da loja.

Melhores Cumprimento,
Grupo E Leclerc,

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.