Internet Móvel e Fixa

NOS - Tenho o direito de rescindir o meu contrato!


Em tratamento
24155418

Decidi aderir à NOS enquanto vivia em Lisboa pois um colega de casa tinha outro serviço e não queríamos dividir o mesmo, portanto a NOS foi a minha escolha, a pior escolha, mas na altura estava longe de o saber. Ouvimos sempre aquelas pessoas que reclamam de qualquer operadora, “por tudo e por nada”. O que não é de todo o meu caso. Aderi ao pacote mais barato, de 32,99€, nunca pensando que sendo o mais barato daria tantas dores de cabeça, em poucos meses fiz mais de 5 ou 6 chamadas para o apoio ao cliente porque queria ver televisão e a boxe pura e simplesmente não funcionava. Duas intervenções técnicas e por fim lá se resolveu. Cansativo. Desta vez é mais grave, decido mudar de casa e como já estava agarrada a uma fidelizaçãp de dois anos, vejo-me obrigada a continuar com a NOS e a pedir uma transferência de morada. É agendado o serviço, mesmo sabendo que na nova casa o serviço seria mil vezes pior uma vez que não consta a existência de Fibra. O técnico dirige-se à nova morada (onde ainda nem estávamos a viver na altura e era bastante longe da nossa antiga casa), e este informa-nos de que não conseguirá instalar a televisão uma vez que não existe mais espaço para os cabos passarem (à partida uma falha da construção do prédio), e com isto achámos que não faria sentido pagarmos o pacote televisao+net+voz se apenas iríamos usufruir de net+voz. Posto isto ligámos para a NOS mais uma vez, ainda com o técnico à nossa frente para sabermos se podíamos rescindir o contrato. Ficámos pouco exclarecidos então decidimos ir a uma loja NOS. Fomos ao Colombo onde um colaborador nos disse que era muito estranho o técnico ter dito isso pelo que fazia questão de enviar outro técnico para resolver o assunto mas garantiu-nos que se não fosse mesmo possível poderíamos desistir do serviço. Foi feito um agendamento para dois dias depois, e coincidentemente calha o mesmo técnico, que reconheceu a morada e limitou-se a enviar-me uma mensagem a dizer que “não valia a pena ir lá a casa porque já tinha visto que não dava”. Volto a referir que ainda não estava a viver na nova casa. Mais uma tarde perdida. Dirigi-me a uma loja NOS novamente, e voltei a ir ao colombo para tentar falar com o rapaz que me disse que podia rescindir. Não o encontrei, deparei-me com o responsável de loja Nuno Sousa, que disse-me várias vezes que me tinham dado informações erradas quanto ao facto de poder rescindir. Negou-se a dar-me o livro de reclamações, o que por si só já é grave, mas sugeriu-me fazer uma reclamação interna. Assim o fiz, pois não poderia obrigá-lo a dar-me o livro vermelho. Frustrada saí da NOS do Colombo e dirigi-me à NOS do Vasco da Gama, para fazer a reclamação no livro. O colaborador que me atendeu acabou por me informar como se fosse a coisa mais simples do Mundo, que a partir do momento em que era fibra e mudo de morada para um sítio que só dispõe de satélite, está no meu total direito rescindir o contrato sem qualquer penalização. Estupefacta com tanta falta de informação e má comunicação entre umas lojas e outras, peço-lhe para então procedermos à rescisão, até porque neste momento já tinha desligado os meus aparelhos da morada antiga, e não tinha o serviço ligado nem numa casa nem noutra e só queria acabar com aquele pesadelo. Este diz-me que não podemos rescindir ali na loja, que tem de ser por chamada. Hilariante. Saio da loja com a garantia de que me vão ligar dentro de minutos. Ligaram. Estive uma hora ao telefone com uma senhora chamada Tamiris Sousa, que me disse que teríamos de aguardar por uma prova de que de facto na morada nova não poderia ser feita a ligação da tv. Garante-me que volta a entrar em contacto dia 04 de Dezembro e que ligaria ela própria, sem falta. Hoje é dia 06 e nada. Dirigi-me à loja NOS do Rio Sul porque entretanto já fiz a mudança de casa e já estou à 6 dias a viver na nova morada, e sem qualquer tipo de serviço. Estou a gastar dados para fazer esta reclamação. Entretanto já veio outro técnico e a situação mantém-se. Sinto-me desesperada, não acho justo alguém estar nesta posição. Sinto que não há qualquer tipo de preocupação com o cliente e isso está visível em todas as lojas, os colaboradores tratam mal os clientes, falam com ironia porque não é uma empresa que os forme para realmente tentarem ajudar o cliente. O importante é aderir, arranjar soluções quando surgem os problemas é que não. Só quero rescindir o contraro sem penalizações, penso que razões e direito de o fazer não faltam. Que filme de terror!

Respostas

NOS em 2018-12-07 11:40 Caro Cliente, asseguramos que estamos a analisar a sua questão. Entraremos em contacto consigo assim que possível.
Obrigado,
Serviço ao Cliente

Comentários



Comentar

Apenas utilizadores registados podem fazer comentários.

Inicie sessão e regresse novamente a esta página para comentar.